Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Robinho é 'uma decepção como pessoa', diz técnico do Real

Bernd Schuster afirma que o brasileiro, agora no futebol inglês, foi muito bem tratado no clube espanhol

EFE,

19 de setembro de 2008 | 20h23

O técnico do Real Madrid, Bernd Schuster, disse nesta sexta-feira que o atacante Robinho é "uma decepção como pessoa", ao comentar a decisão do jogador brasileiro de deixar o clube para defender o Manchester City, da Inglaterra.Veja também:Roberto Carlos acha que Robinho 'fez bem' em deixar o Real Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão"Em um certo momento pensei que (a decisão) era recuperável, embora ele tivesse a idéia de sair, mas nas últimas semanas mudou radicalmente sua atitude e se notava que queria ir a todo custo", afirmou o treinador alemão."A oferta do Manchester City era grande. Fizemos o melhor, mas para mim Robinho é uma decepção como pessoa, porque acho que nós o tratamos muito bem e o melhor para ele era ficar. Para mim, é uma decepção o fato de ele ter ido embora", completou.Schuster analisou o presente e o futuro do Real Madrid no canal de TV do clube, transmitindo uma impressão mais humana que a habitual, para fugir da imagem de bravo que costuma oferecer em coletivas de imprensa.Sobre contratações, o treinador contradisse o diretor de futebol do Real, Predrag Mijatovic, que há uma semana disse que não devem ser feitas contratações em janeiro próximo, na abertura do mercado de inverno do futebol europeu."Deixamos uma vaga aberta após a saída de Robinho e temos a possibilidade de contratar no inverno. Estamos comentando isso entre todos e tudo está muito claro. Se houver alguma possibilidade, iremos aproveitá-la", concluiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.