Ricardo Saibun/Santos FC - 10/02/2015
Ricardo Saibun/Santos FC - 10/02/2015

Robinho espera poder confirmar a fama de 'carrasco' do São Paulo

Em 14 jogos contra o Tricolor, atacante venceu nove, empatou um e perdeu apenas quatro. Ele tem apetite por gols em Rogério Ceni

Sanches Filho, O Estado de S. Paulo

10 de fevereiro de 2015 | 21h09

Depois de ter sido poupado diante do Red Bull Brasil no domingo, Robinho volta ao Santos no clássico desta quarta-feira, às 22 horas, na Vila Belmiro, para jogar ao lado de Geuvânio e Ricardo Oliveira e para tentar confirmar a fama de carrasco do São Paulo nesta quarta rodada do Campeonato Paulista.

"Eu me preparo para jogar bem contra todos os adversários e realmente tive grandes jogos contra o São Paulo, embora tenha perdido algumas partidas. Espero que amanhã (hoje) a história possa ser bonita para o lado do Santos", disse Robinho, que nas 14 vezes em que enfrentou o São Paulo, ganhou nove, empatou uma e sofreu quatro derrotas.

Se em 2002 Robinho foi o principal responsável pela conquista do Campeonato Brasileiro, tirando o time de uma fila de 18 anos e em 2010 voltou a brilhar nas conquistas dos títulos do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil, na sua terceira passagem pelo Santos participou de 23 jogos e marcou nove gols, mas ainda deve uma grande atuação. Ele admite que fica motivado contra Rogério Ceni. "Todo jogador quer fazer gol em grandes goleiros e espero que eu possa marcar amanhã (quarta-feira) e ajudar meus companheiros", afirmou, em entrevista coletiva.

Robinho marcou dois gols contra Rogério Ceni. O primeiro foi no jogo de volta das quartas de final do Brasileiro de 2002, na Vila Belmiro, com vitória santista por 3 a 1, e o outro, na sua reestreia em 2010. Ele entrou no segundo tempo, anotou um gol de letra e o time venceu por 2 a 1, no Morumbi.

TREINO - Enderson Moreira deu um treino técnico fechado nesta terça-feira à tarde no CT Rei Pelé para fazer os últimos ajustes no time. O treinador realizou algumas experiências, inclusive com Elano se juntando a Alison, Renato e Lucas Lima no meio e com apenas Robinho e Geuvânio no ataque, mas deve repetir a escalação de domingo, com a troca de Thiago Ribeiro por Robinho.

Thiago, com tendinite no joelho direito, não apareceu no campo nesta terça. Caju voltou da seleção brasileira sub-20 com uma pubeíte e vai ficar um período afastado para se tratar. Gabriel recusou a semana de descanso que Enderson queria lhe dar, mas não deve ficar na reserva nesta quarta porque está sendo submetido a um trabalho especial para fortalecimento muscular.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.