Alessandro Garofalo/Reuters
Alessandro Garofalo/Reuters

Robinho negocia com o Milan ida para os Estados Unidos

Atacante é cogitado no Orlando City e tenta rescisão de contrato consensual com equipe italiana

O Estado de S. Paulo

21 de maio de 2014 | 13h18

SÃO PAULO - O atacante Robinho, de 30 anos, companheiro de Kaká no Milan, está negociando sua saída do clube italiano com o vice-presidente Adriano Galliano, e seu destino deve ser o futebol americano. Segundo o jornal italiano Gazzetta dello Sport, o Orlando City, que começa a disputar a Major League Soccer a partir de 2015, fez uma proposta pelo brasileiro e agradou os dirigentes milaneses.

Para os italianos pode ser interessante um negócio envolvendo o brasileiro, pois os diretores do Milan entendem que os salários de Robinho são "compromissos muito pesados". O fato de entrar oficialmente apenas no ano que vem, é bem visto por Robinho, que vê o período sem atuar como uma possibilidade de férias.

De olho no camisa 7, o Flamengo poderia fazer parte de uma escala do atacante, enquanto não se apresentar a equipe da Flórida. No entanto, o clube carioca negou qualquer pretensão em repatriar Robinho, que tem contrato com o Milan até junho de 2016.

Tudo o que sabemos sobre:
FutinterfutebolRobinhoAC Milan

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.