Robinho pede três pontos ao Santos

Ganhar os três pontos é tudo o que o Santos quer para deixar registrada a despedida de Robinho da torcida, na Vila Belmiro, neste domingo, às 18h10, contra o Figueirense-SC. Os ingressos estão esgotados desde quarta-feira porque o jogo faz parte da promoção da Nestlé. O time vem de três empates seguidos no Campeonato Brasileiro - Paraná (1 a 1) e Botafogo-RJ (3 a 3), ambos fora, e Brasiliense (1 a 1), na Vila -, além da derrota contra o Fluminense-RJ, no Rio, pela Copa Sul-Americana, está em sétimo lugar na classificação, com 32 pontos ganhos, e precisa da vitória para se aproximar do pelotão da frente.Com os desfalques de Paulo César, Carlinhos e Fabinho (contundidos), e Flávio (suspenso), o técnico Gallo vai improvisar os laterais Bóvio, na lateral-direita, e Wendel, na esquerda, e manter Elton como volante de marcação, ao lado de Zé Elias. Mas, em compensação, o time volta a ter Robinho e Ricardinho, que estavam na Seleção e não puderam jogar contra o Fluminense-RJ. Os dois formarão com Giovanni o trio que pode fazer a diferença no jogo.Para evitar o risco de os jogadores perderem o foco no jogo, Gallo foi contrário a qualquer tipo de festa para marcar a despedida de Robinho, descartando até a possibilidade de tirá-lo de campo faltando alguns minutos para o final da partida, para que receba os aplausos da torcida. "Não penso em tirá-lo. sua presença vai ser importante até o final porque nosso objetivo é conquistarmos os três pontos", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.