Robinho prega respeito ao lanterna

O Santos, líder do grupo 2 do Campeonato Paulista, enfrenta domingo o União São João, time que perdeu as quatro partidas disputadas até aqui. Mesmo assim, os jogadores santistas sabem que é preciso respeitar o adversário. "Respeitamos todos os times e nenhum deles pode ser subestimado", disse o atacante Robinho, ressalvando: "mas, dentro da Vila Belmiro, temos que fazer o de sempre: procurar ter um bom volume de jogo e aproveitar as oportunidades que surgirem".Robinho lembra que o objetivo maior do Santos é ser campeão paulista."Não podemos desperdiçar pontos, pois primeiro é preciso garantir a classificação". Por isso, nada de salto alto na partida contra o lanterna do grupo: "Temos de manter a humildade e os pés no chão, pois essa história de favoritismo é fora de campo. Dentro, não há equipe imbatível e é preciso respeitar todos os adversários".Diego pensa da mesma forma. Acredita até que haja um favoritismo natural em seu time, mas lembra que outros clubes, como o Palmeiras, também podem ser considerados favoritos. "Toda equipe grande carrega essa responsabilidade a mais e nós temos que provar o favoritismo em campo, sabendo que ser favorito não ganha campeonato e estamos brigando por esse título".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.