Robinho prevê muita pressão na quinta-feira

Robinho reclamou do cansaço, mas estava feliz com o raro gol de cabeça queconsegui marcar no meio dos grandalhões da defesa uruguaia. Ele falou sobre o lance na terceira pessoa. "O Robinho está trabalhando muito as finalizações, de cabeça também, e foi premiado com o gol." Foi seu terceiro na competição, o que o coloca como artilheiro ao lado do colombiano Hernandez. "Meu primeiro objetivo é ajudar o Brasil a vencer, mas se der para fazer um gol por jogo será ótimo." Diego é o vice-artilheiro brasileiro com dois gols. Marcel, Dagoberto e Maicon fizeram um. O atacante santista foi o destaque da partida no primeiro tempo, mas caiu muito no segundo. E não tem dúvida de que a história do jogo teria sido outra se o Brasil estivesse tão descansado quanto o Uruguai, que folgou na segunda rodada. "Sem querer desmerecer o time deles, que marcou bem e saiu nos contra-ataques, mas a verdade é que não tivemos condiçãofísica para aprontar uma correria para cima do Uruguai durante os 90 minutos. Sentimos o desgaste, principalmente porque estava muito calor. Mesmo assim, tivemos chances para ganhar os três pontos. Étriste empatar um jogo que poderíamos ter ganho, mas continuamos dependendo só de nós para conseguir a primeira colocação e quinta-feira vamos com tudo para cima do Chile." Ele confia muito na capacidade do Brasil, mas está preocupado com o ambiente que o time vai encontrar na partida contra os donos da casa. "A torcida vai pressionar o tempo todo e aposto que em toda dividida o juiz vai dar falta para o Chile. Teremos de passar por cima dessas coisas para conseguir o nosso objetivo que é ficar em primeiro lugar. Viemos para cá para buscar a classificação para a Olimpíada e vamos conseguir." Caso o Brasil chegue ao quadrangular final, terá de jogar nos dias 21, 23 e 25. Mas nessecaso Robinho não está preocupado. "Na fase final todo mundo vai jogar nos mesmos dias, ninguém vai ter vantagem de descansar como está acontecendo agora. Com tudo nas mesmas condições, sou mais Brasil."

Agencia Estado,

11 de janeiro de 2004 | 20h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.