Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Robinho quer gol para acabar com má fase

O atacante Robinho sabe que precisa de tranqüilidade para superar a má fase e acredita que deu um passo importante na partida contra o Paysandu, na quarta-feira. "Fui bem, mas faltou o gol", disse. Ele acha que a oportunidade pode ocorrer no jogo de sábado, contra o Flamengo, às 16 horas, na Vila Belmiro. "Espero melhorar um pouco mais e marcar", comentou, sabendo que continua tendo o apoio do técnico Leão. "O professor me falou para que eu continue tranqüilo porque não preciso provar mais nada a ninguém e meu futebol todos conhecem".E tranqüilidade parece ser mesmo a receita para sua recuperação. "É só ter a cabeça no lugar e ficar tranqüilo para administrar fora de campo esse sucesso e, dentro, a marcação, que é cada vez mais forte". Leão, que tem participado desse processo, está satisfeito. "O Robinho está readquirindo a confiança e isso é muito bom", disse o treinador.Depois do sucesso do ano passado, quando encantou o mundo com as pedaladas e outras jogadas de craque, o jogador passou a sofrer marcação mais atenta das zagas, ao mesmo tempo em que a fama súbita mexeu com a cabeça do jovem atacante. "Ele está tendo uma reação interna muito positiva".Dupla - Robinho havia prometido um gol para Diego, seu maior amigo no grupo, mas foi Diego quem acabou marcando. E foi imediatamente comemorar com Robinho. "Comemoramos com a alegria de sempre e, com certeza, o gol foi para dar uma moral para ele". "Agora estou esperando o meu".E marcar um gol é o que Robinho mais quer, como se isso fosse o ponto fundamental para encerrar a má fase. "Quero marcar contra o Flamengo e continuar ajudando a equipe", comentou.

Agencia Estado,

21 de agosto de 2003 | 16h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.