Robinho: Real manda proposta ao Santos

O empresário de Robinho, Wagner Ribeiro, vai entrar em contato com o presidente do Santos, Marcelo Teixeira, nos próximos dias, para marcar um encontro e lhe entregar a proposta do Real Madrid. Embora ninguém diga publicamente, o desejo do jogador e de seus familiares é acertar a transferência para a Espanha até o fim deste mês. O encarregado de convencer Teixeira a autorizar a negociação com os espanhóis é justamente Ribeiro.Gilvan e Marina de Souza, os pais do craque, não querem de jeito nenhum permanecer no Brasil. Por questão de segurança, eles nem estão mais morando em Santos - foram para o Nordeste. Robinho, apesar de gostar do clube da Vila Belmiro e se identificar com o torcedor, também acha que está na hora de ir embora. E pediu a seu procurador que tente convencer a diretoria santista a liberá-lo."Agora meu pensamento está na seleção", limita-se a dizer o atacante, eleito o melhor em campo contra a Grécia, na última quarta-feira, pela Copa das Confederações, na Alemanha. Mas só usa esse discurso na frente das câmeras e dos microfones. Vem perguntando aos colegas como é jogar na Espanha, revelou o volante Renato, do Sevilla e da seleção. "O Robinho me questiona sempre como é viver e jogar na Espanha", afirmou, após a vitória do Brasil sobre a Grécia por 3 a 0, na Alemanha. Gilvan e Marina já escolheram até o bairro para morar em Madri - estiveram lá recentemente. É o de Moraleja, onde reside Ronaldo. Gostaram de três casas e vão decidir com qual ficar.Agências de notícias internacionais divulgaram, nesta sexta-feira, que Ribeiro vai a Madrid no dia 24 para fechar com o Real. Ele realmente irá à capital espanhola, mas para outro assunto. "Não preciso falar com o pessoal do Real para definir a questão do Robinho, vou cuidar dos negócios do França (atacante que também agencia)." Por quê? Robinho já acertou tudo com o Real, não há mais nada que conversar. Falta, agora, ?apenas? o acerto com o Santos.Os espanhóis querem pagar US$ 16 milhões pelo jogador - 60% pertencem ao Santos e 40% ao atleta -, mas admitem aumentar um pouco a quantia, até por saber do interesse de outros clubes, como Juventus, de Turim, e Arsenal, da Inglaterra. Não correm risco, porém, de perdê-lo para a concorrência, pois Robinho quer, mesmo, ir para Madri.Após a eliminação do Santos na Libertadores - e com a pressão da família -, Teixeira deve mesmo soltar o craque. Mas, claro, vai negociar com o Real considerável aumento nos valores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.