Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Robinho rescinde com o Milan e fica livre para negociar com o Santos

Jogador e clube entram em acordo e permanência fica mais próxima

GONÇALO JUNIOR, O Estado de S. Paulo

12 de maio de 2015 | 10h09

O atacante Robinho entrou em um acordo com o Milan nesta segunda-feira e antecipou o fim de seu contrato com o clube. O vínculo com os italianos, que iria até a metade de 2016, será encerrado no dia 1º de julho de 2015. Isso facilita muito a tentativa do Santos de estender a permanência do jogador - seu empréstimo vai até 30 de junho.

O acordo feito entre os empresários do jogador e o clube italiano não tem relação direta com a viagem do presidente Modesto Roma Junior para tratar exatamente da prorrogação do contrato de Robinho. A viagem, portanto, perdeu força, mas Modesto deve tratar de outros temas na Europa.

Para conseguir finalmente ficar com Robinho, o Santos tem de quitar os direitos de imagem do jogador, que não são pagos há sete meses. Essa é a condição exigida pelo jogador para acertar um novo vínculo. Existem, porém, outros clubes interessados, como Cruzeiro e Flamengo. Robinho também já recebeu sondagens do futebol norte-americano e chinês.

O atacante ainda fará quatro partidas pelo Santos antes de apresentar à seleção brasileira no dia 1º de junho para a disputa da Copa América, que acontece no Chile a partir do dia 11 de junho.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCRobinhoMilan

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.