Robinho treina entre os titulares no Vasco

A seca de gols no Vasco já dura cinco jogos, quatro pela série B e um pela Copa do Brasil. Tentando quebrar esse incômodo tabu, o técnico Dorival Júnior mexeu no sistema ofensivo no treino desta quinta-feira. E quem ganhou uma chance foi o atacante Robinho, que disse ter trabalhado duro para conseguir uma chance.

AE, Agencia Estado

25 de junho de 2009 | 16h19

"Minha expectativa de atuar é muito boa. Eu venho trabalhando forte para isso, estou bem fisicamente e agora, caso eu seja titular, quero ir bem na partida e conseguir os três pontos", afirmou o jogador. "No início foi complicado, porque acabei sofrendo um estiramento sem jogar, mas já estou recuperado e agora quero ajudar".

Apesar da distância que o separa do homônimo da seleção brasileira, o jovem atacante, de 21 anos, diz ser tão rápido quanto o outro. E o que mais o aproxima do jogador do Manchester City é uma jogada característica: a pedalada.

"O Vasco é um dos melhores times do Brasil, e com certeza vai dar aquele friozinho na barriga, mas quando o juiz apitar o inicio do jogo, eu estarei pronto. Vamos trabalhar forte e se a bola sobrar para mim vou chutar a gol. Meu forte é a velocidade, sou um jogador de partir para cima, e se der para dar pedalada na partida, como o Robinho da seleção, vou dar", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVascoRobinho

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.