Robson vai processar presidente do Paysandu

Robson, o novo atacante do Santos, anunciou que vai entrar na Justiça com uma processo por danos morais contra o presidente do Paysandu, Arthur Tourinho. Tudo porque o dirigente disse a uma emissora de rádio de Belém que o jogador deixou de pagar pensão alimentícia a uma filha e que, por causa disso, quase foi preso.Robson atuou pelo Paysandu na Copa Libertadores da América e no Campeonato Brasileiro, ambos em 2003. Deixou o clube paraense, para jogar no Santos, como ídolo da torcida. Ao revelar detalhes da vida pessoal do jogador, Arthur Tourinho teria tentado se vingar do atacante por ele ter lhe cobrado um cheque sem fundos no valor de R$ 10 mil."O cheque existe e eu até agora não consegui descontá-lo", acusou Robson, lembrando que o documento tem a assinatura do presidente do Paysandu. Do seu lado, Arthur Tourinho disse que o atacante só não foi preso porque ele lhe deu dinheiro para pagar a pensão da filha.

Agencia Estado,

01 de janeiro de 2004 | 16h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.