Rodada decisiva na Liga dos Campeões

Sete clubes brigam nesta terça-feira por quatro vagas para a segunda fase da Liga dos Campeões da Europa, na abertura da última rodada da primeira fase: Liverpool, Boavista, Borussia Dortmund, Nantes, PSV, Galatasaray e Lazio. Quarta-feira, Porto e Celtic lutam pela 16ª e última vaga.Pelo Grupo B, o Liverpool recebe o Borussia Dortmund e um empate coloca o time inglês, líder da chave com nove pontos, na próxima fase da mais importante competição européia de clubes. A ESPN Internacional transmite ao vivo, a partir das 17h30 (horário de Brasília).Ainda sem contar com o seu técnico Gerard Houllier, que se recupera de uma cirurgia no coração - Phil Thompson dirige a equipe interinamente -, o Liverpool aposta no atacante Michael Owen, que, depois de três semanas afastado em função de um estiramento muscular na coxa esquerda, retornou aos gramados no sábado e fez um gol na vitória contra o Charlton (2 a 0) pelo Campeonato Inglês. Thompson não terá o zagueiro finlandês Sami Hyypia, contundido. Carragher entra em seu lugar. "Não podemos reclamar das contusões, porque elas são normais no futebol", disse o técnico.Sem o atacante brasileiro Amoroso, que cumpre a sua última partida de suspensão pela expulsão contra o Boavista, dia 26 de setembro, o Borussia Dortmund necessita de uma vitória. A equipe divide o segundo lugar com o Boavista, com oito pontos. A maior preocupação do técnico Matthias Sammer é conter os avanços de Owen. O treinador quer explorar a deficiência da zaga adversária no jogo aéreo. Para isso, utilizará o centroavante checo Koller, de 2,02m.Na mesma chave, o Boavista vai a Kiev, na Ucrânia, enfrentar o Dynamo, que já está eliminado. Um empate classifica a equipe portuguesa à próxima fase. Os jogadores do Boavista estão otimistas. "O nosso objetivo é vencer. Seria injusto não avançarmos, por tudo que já fizemos", declarou o meia boliviano Erwin Sánchez.Com os quatro times tendo chances de classificação, o Grupo D é o mais embolado. Até a Lazio, que perdeu os três primeiros jogos, tem chance de se classificar. Basta que vença o Nantes, na França. O time italiano está em último lugar na chave, seis pontos, mas a apenas dois do líder, o próprio Nantes."Temos de reagir e pensar com outra mentalidade. Devemos estar bem psicologicamente para ganharmos e seguirmos na competição. É a única coisa que podemos fazer", alertou o zagueiro Nesta, da Lazio. O técnico Alberto Zaccheroni tem uma dúvida no meio-de-campo, entre Fiore e Stankovic. Os argentinos Cláudio López e Hernán Crespo formam o ataque. Ao time francês, um empate basta.Galatasaray, da Turquia, e PSV, da Holanda, que dividem o segundo lugar do grupo D com sete pontos, jogam em Istambul pela outra vaga. Ambos precisam da vitória.Já classificados, Real Madrid e Roma, pelo Grupo A, cumprem tabela contra Lokomotiv e Anderlecht. O Real chegou em Moscou com muitos desfalques. Alguns, como Zidane, Figo e Raúl, serão poupados para o grande clássico do Campeonato Espanhol, contra o Barcelona, sábado. Outros estão contundidos, como Sávio, Roberto Carlos e Guti.Em casa, a Roma joga contra o Anderlecht, da Bélgica. A exemplo do Real Madrid, o time do técnico Fabio Capello também entrará com alguns reservas. No ataque, Capello não poderá contar com Montella e nem com o argentino Batistuta, que ficará afastado por três semanas por causa de um estiramento muscular e desfalcará a Argentina nos jogos das Eliminatórias contra Peru e Uruguai, nos dias 7 e 14.

Agencia Estado,

29 de outubro de 2001 | 20h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.