Werther Santana / Estadão
Werther Santana / Estadão

Rodada do Brasileirão terá 'final' pela Libertadores e definição de rebaixado; veja as contas

São Paulo fará duelo direto para vaga direta no torneio sul-americano com o Internacional nesta quarta

Redação, O Estado de S.Paulo

02 de dezembro de 2019 | 11h49

A próxima rodada do Campeonato Brasileiro, que será disputada na quarta e quinta-feira, tem uma briga direta por vaga na Libertadores e a provável definição de um mais rebaixado - Avaí e Chapecoense já estão na Série B no ano que vem. Faltam duas rodadas para o final do torneio. 

Já garantido na Libertadores, o São Paulo tem 73% de chances de conseguir uma vaga na fase de grupos, de acordo com o site Infobola. Mesmo com a derrota para o Grêmio por 3 a 0, em Porto Alegre, o clube do Morumbi permaneceu com 57 pontos, três a mais que o Internacional, adversário de quarta-feira, no Morumbi. O duelo é um confronto direto pela vaga na fase de grupos da Libertadores. Se o time paulista vencer, confirma sua classificação com uma rodada de antecedência.

O Internacional tem percentual de 24% para buscar uma das vagas diretas. Se vencer o rival no Morumbi, o time vai para a última rodada com vantagem no número de vitórias, primeiro critério de desempate. O rival Grêmio confirmou sua vaga no final de semana. Quem tem poucas chances de conseguir a vaga direta é o Corinthians, com apenas 3% de possibilidades. Neste domingo, o time foi derrotado pelo Atlético-MG em Minas Gerais. Na próxima partida, o time enfrenta o Ceará fora de casa. 

Na parte inferior da tabela, o Cruzeiro enfrenta o Vasco, em São Januário, nesta segunda-feira com 73% de risco de queda pela primeira vez em sua história. O time do técnico Adilson Batista, substituto de Abel Braga, precisa desesperadamente da vitória fora de casa. Se for derrotado, o time mineiro livra, ao mesmo tempo, os cariocas Fluminense e Botafogo do rebaixamento. Os dois times têm apenas 1% de risco de cair de divisão. O Ceará, que empatou em casa com o Athletico-PR, tem 26% o risco de queda. Na próxima partida, vai receber o Corinthians, no Castelão, em uma partida decisiva.

O CSA está praticamente rebaixado à Série B. A derrota em casa para o Bahia foi um golpe quase definitivo. De acordo com a projeção do matemático Tristão Garcia, a equipe alagoana está agora com 99% de risco de rebaixamento. Uma vitória do Cruzeiro num dos três jogos restantes ou um empate do Ceará, contra Corinthians ou Botafogo, decretam a queda da equipe de Alagoas. Veja as chances e riscos de queda de acordo com o site Infobola: 

Riscos de rebaixamento

  • 20º: Avaí - 100%
  • 19º: Chapecoense - 100%
  • 18º: CSA - 99%
  • 17º: Cruzeiro - 73%
  • 16º: Ceará - 26%
  • 15º: Fluminense - 1%
  • 14º: Botafogo - 1%

Libertadores

  • Santos - 100%
  • Palmeiras - 100%
  • Grêmio - 100%
  • São Paulo - 73%
  • Internacional - 24%
  • Corinthians - 3%

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.