Rodada sem brasileiros agita Libertadores

O Peñarol, campeão uruguaio, recebe nesta terça-feira, em Montevidéu, o The Strongest, da Bolívia, em um confronto decisivo pelo Grupo 1 da Libertadores. As duas equipes precisam vencer para continuar com chances de passar à próxima fase. O América, do México, lidera a chave com sete pontos, seguido pelo São Caetano, com seis. Peñarol e The Strongest somam apenas um ponto, em dois jogos. Os times têm campanhas idênticas, com uma derrota fora de casa e um empate em seu campo.O técnico do Peñarol, Diego Aguirre, deverá fazer apenas uma mudança em relação ao time que empatou com o São Caetano (1 a 1): entra o atacante Cédres no lugar de Apellaniz. Do lado boliviano, o técnico Néstor Clausen não terá o volante Cristaldo, machucado.Em Torreón, no México, o Santos Laguna recebe o Caracas, em partida que interessa ao Cruzeiro, que ocupa o segundo lugar do Grupo 3, com sete pontos. Se os mexicanos conquistarem outro triunfo, ficarão quatro pontos à frente dos mineiros, com um jogo a mais. Por outro lado, se o Caracas vencer, a equipe de Belo Horizonte cai para o terceiro lugar e ficará ameaçada de não prosseguir na competição.A boa campanha na Libertadores contrasta com o desempenho do Santos no Campeonato Mexicano, no qual segura a lanterna do grupo 2, 11 pontos atrás do líder Pumas.Em Quito, pelo grupo 5, o El Nacional recebe o Independiente, precisando da vitória. E pelo grupo 9, o líder Sporting Cristal (sete pontos) vai a Assunção enfrentar o lanterna Olimpia (um ponto).

Agencia Estado,

16 de março de 2004 | 09h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.