Rodada sem brilho abre Copa América

O ditado popular "a pressa é inimiga da perfeição" será a tônica de hoje na rodada de abertura da Copa América. Isso porque, com a confirmação da competição "em cima da hora", as seleções jogarão sem o brilho de suas principais estrelas. Surpresa das eliminatórias sul-americanas, o Equador, faz o jogo inaugural da competição contra os desmotivados e desfalcados chilenos, pelo Grupo A, às 20 horas, em Barranquilla. Na seqüência, às 22h50, a Colômbia, também "remendada" enfrenta a fraca Venezuela.Com 25 pontos, na terceira colocação das eliminatórias, o Equador está próximo de concretizar seu sonho de ir à Copa de 2002. Já o Chile, sem Salas e Zamorano, busca a inovação. O técnico Pedro García usará jovens, dando prioridade para o futebol em conjunto. A Colômbia tenta "vingar-se" da Venezuela, pois empatarem nas eliminatórias, resultado que a deixou fora do Mundial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.