Rodada vai definir quadrangular da Série C

O Campeonato Brasileiro da Série C conhecerá nesta quarta-feira os quatro classificados para a disputa do quadrangular final que apontará os dois novos integrantes da Série B de 2004. As atenções estarão voltadas para o clássico paulista que acontecerá em Bragança Paulista, entre Bragantino e Santo André. Depois de perder o primeiro jogo por 4 a 1, no ABC Paulista, o Bragantino precisa vencer o Santo André por 3 a 0 para continuar sonhando com uma possível volta à década de 90, quando foi vice-campeão brasileiro da Primeira Divisão (1991), campeão paulista (1990) e campeão da Série B (1989). O principal incentivo é o fato de que o Santo André não costuma se dar bem jogando fora de casa. Dos cinco jogos longe de sua torcida, só venceu o Cabofriense, por 2 a 1. "Vamos jogar pelo regulamento, mas não podemos apenas nos defender", explicou o técnico Luís Carlos Martins, que desde segunda-feira concentrou o time num hotel em Atibaia. Carlos Rabelo, técnico do Bragantino, também isolou seu time num hotel em Serra Negra. "Temos uma missão muito difícil, mas vamos tentar cumpri-la", comentou. Outro paulista que busca uma vitória é o Ituano. Depois de perder para o RS Futebol por 2 a 1, em Alvorada, na Grande Porto Alegre, ao time de Itu basta uma vitória simples por 1 a 0 para seguir na briga pelo título. Na fase anterior o Ituano levou a melhor no duelo, mas os gaúchos conseguiram a classificação pelo índice técnico. Paraibanos e vantagem - Enquanto existe a expectativa da classificação de dois clubes paulistas, há também muitas probabilidades de que dois clubes da Paraíba cheguem ao quadrangular final: Botafogo, de João Pessoa, e Campinense, de Campina Grande. Ausentes da segunda divisão brasileira desde 1986, quando o Treze defendeu o Estado, os dois representantes estão com ampla vantagem para este segundo jogo, embora atuem fora de casa. O Botafogo goleou o Palmas, por 5 a 2, podendo perder por 2 a 0. O Campinense goleou o Tuna Luso-PA por 4 a 1 e também pode perder por 2 a 0. O regulamento prevê a vaga para o time que somar mais pontos. Em caso de empate vale o saldo de gols, mas se persistir o empate então o gol fora tem peso dobrado. Caso seja necessária, a vaga será definida na cobrança de penalidades máximas. Os jogos e horários:Grupo 78 - 21h30 - Tuna Luso-PA x Campinense-PBGrupo 79 - 21h30 - Palmas-TO x Botafogo-PB Grupo 80 - 20h30 - Bragantino-SP X Santo André-SPGrupo 81 - 20h30 - Ituano-SP X RS-RS.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.