Felipe Oliveira/ EC Bahia
Felipe Oliveira/ EC Bahia

Rodallega faz de bicicleta pelo Bahia, mas Red Bull Bragantino busca empate e se mantém no G-6

Após duelo pelo Brasileirão, equipe de Bragança Paulista volta suas atenções para jogo com o Libertad, pela semifinal da Copa Sul-Americana

Redação, Estadão Conteúdo

18 de setembro de 2021 | 23h23

O Red Bull Bragantino chegou ao terceiro jogo sem vitória ao empatar, por 1 a 1, com o Bahia, na noite deste sábado, na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA), pela 21ª rodada, mas se manteve no G-6 do Campeonato Brasileiro. Rodallega abriu o placar para os baianos com um golaço de bicicleta e Ytalo deixou tudo igual.

Apesar do empate, os paulistas continuam na quinta colocação com os mesmos 33 pontos do Fortaleza, que leva vantagem no número de vitórias (9 a 8). O Bahia, por outro lado, segue próximo da zona de rebaixamento, na 14ª colocação com 23 pontos, a dois da degola.

Mas a preocupação, de momento, do time paulista é com a disputa das semifinais da Copa Sul-Americana. Na quarta-feira vai enfrentar o Libertad, do Paraguai, em Bragança Paulista (SP). O segundo jogo será disputado em Assunção na outra semana.

O primeiro tempo foi de poucas oportunidades. O clube paulista, apesar de atuar como visitante, procurou mais o gol. A primeira chance aconteceu logo aos 8 minutos. Cuello recebeu e bateu colocado. Mateus Claus desviou e a bola acertou o travessão.

O Red Bull Bragantino tentou novamente aos 38 minutos. Jadsom recebeu de Aderlan, girou e soltou o pé. Claus fez grande defesa. O Bahia respondeu aos 44 minutos. Daniel fez boa jogada e Ruiz chegou chutando, mas Cleiton fez boa defesa.

No segundo tempo, o Bahia voltou mais disposto e quase abriu o marcador aos quatro minutos. Óscar Ruiz cabeceou no contrapé de Cleiton, mas o goleiro se recuperou e fez uma defesaça. O Bahia se manteve em cima e chegou ao gol aos 16 minutos. Nino Paraíba cruzou e Rodallega, no segundo pau, marcou um bonito gol de voleio.

O Red Bull Bragantino, porém, não se assustou e foi em busca do empate. Cuello recebeu de Eric Ramires e cruzou para Ytalo finalizar para as redes. Aos 33 minutos, Helinho bateu firme, a bola desviou e quase enganou Mateus Claus, que se recuperou e defendeu. O empate pareceu ser o melhor para representar os que os dois times fizeram em campo.

Na 22ª rodada, o Bahia visitará o Internacional no Beira-Rio, em Porto Alegre (RS), no domingo (26), às 16 horas. No mesmo dia e horário, o Red Bull Bragantino irá até o Maracanã, no Rio de Janeiro, pegar o Fluminense.

FICHA TÉCNICA

BAHIA 1 X 1 RED BULL BRAGANTINO

BAHIA - Mateus Claus; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Luiz Otávio e Juninho Capixaba; Lucas Araújo (Edson), Lucas Mugni e Daniel (Gilberto); Oscas Ruíz (Maycon Douglas), Isnaldo (Luizão) e Rodallega (Rodriguinho). Técnico: Diego Dabove.

RED BULL BRAGANTINO - Cleiton; Aderlan (Weverton), Léo Ortiz, Natan e Luan Cândido; Jadsom Silva (Weverson), Eric Ramires e Vitinho (Gabriel Novaes); Helinho, Ytalo e Cuello (Emiliano Martínez). Técnico: Maurício Barbieri.

GOLS - Rodallega, aos 16 minutos, Ytalo, aos 24 minutos, do segundo tempo.

ÁRBITRO - Wilton Pereira Sampaio (GO).

CARTÕES AMARELOS - Rodallega (BAHIA); Aderlan, Jadsom Silva, Cleiton, Gabriel Novaes (RED BULL BRAGANTINO).

RENDA e PÚBLICO - portões fechados.

LOCAL - Arena Fonte Nova, em Salvador (BA).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.