Rodrigo aponta 'falta de tranquilidade' pelo momento ruim do Vasco

Dono da pior defesa do Campeonato Brasileiro, com 12 gols sofridos em sete rodadas, o Vasco aponta a "falta de tranquilidade" como motivo pelo momento ruim que atravessa. O curioso é que, nas três primeiras partidas da competição nacional, a

Estadão Conteúdo

19 de junho de 2015 | 17h56

defesa era o ponto forte da equipe, tendo sido vazada apenas uma vez, já no terceiro jogo.

"É um setor pelo qual sou responsável dentro da equipe. Isso me atrapalha bastante, me deixa chateado ver os números que vocês colocam", comentou o zagueiro Rodrigo nesta sexta-feira, em entrevista coletiva.

"No começo estávamos bem, com um setor defensivo bacana, do mesmo jeito do Carioca. O que falta para nossa equipe hoje é tranquilidade na hora de concluir em gol, na hora de sair com a bola. Essa é a tranquilidade que não estamos tendo", considerou.

O zagueiro também falou sobre a contratação do meia Andrezinho, anunciada pelo presidente do clube, Eurico Miranda. "Eu joguei com ele no Internacional e contra ele quando estava no Grêmio. Ele sabe jogar, bate muito bem na bola. Ele vem para um setor que estamos precisando. Vai nos ajudar bastante nesse momento. Espero que já chegue com vitória e o time em crescimento na competição", declarou o jogador.

Andrezinho está atuando no Tianjin Teda, da China. Ele deverá fazer mais três partidas pela equipe asiática antes de retornar ao Brasil. O meia ainda não assinou contrato com o Vasco, mas a transação também foi confirmada pelo seu empresário.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVascoBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.