Daniel Teixeira|Estadão
Daniel Teixeira|Estadão

Rodrigo Caio admite dificuldade com dupla função no São Paulo

Jogador tem sido utilizado como volante e zagueiro

Paulo Favero, O Estado de S. Paulo

06 Fevereiro 2017 | 07h03

O volante Rodrigo Caio reconheceu que ainda não está totalmente adaptado à mudança de posicionamento no São Paulo. No domingo, ele atuou como volante, à frente da linha de quatro zagueiros, e depois na zaga ao lado de Maicon. “Fico um pouco perdido ainda. Por mais que tenha treinado, é uma função que não estou acostumado”, confessou.

O técnico Rogério Ceni entende que seu atleta pode atuar no meio, ajudando na saída de bola do time, e chegou a comparar a função com a que Casemiro desempenha no Real Madrid. Só que, se o jogador não foi brilhante, também não comprometeu. Alguns de seus companheiros tiveram uma atuação bem abaixo da média.

Na defesa, não teve um jogador que merecesse elogios. Tanto que os dois primeiros gols dos Audax saíram em falhas de marcação da equipe, incluindo os jogadores de meio e de frente, que não ocuparam os espaços. “Temos de tirar a lição dos erros que aconteceram para que não volte a acontecer nas próximas partidas”, explicou o zagueiro Douglas.

Em duas oportunidades, ele trombou com Buffarini, o que fez com que Ceni pedisse aos seus atletas para se comunicarem mais durante os jogos. “Tivemos erros, mas eu estava me sentindo bem no jogo. Trabalhei normalmente na pré-temporada e fiz a maioria dos jogos. No início, alguns erros vão acontecer. A gente busca minimizar esses erros e acho que durante a temporada a gente vai tentar fazer com que não voltem a acontecer”, afirmou Douglas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.