Rodrigo Caio admite erro e pede desculpas por expulsão

O volante Rodrigo Caio, do São Paulo, reconheceu nesta quinta-feira o erro cometido ao colocar a mão na bola e ser expulso na derrota por 1 a 0 contra o Vasco, pelo Brasileirão. O cartão vermelho recebido no segundo tempo fez o time ficar com um a menos e praticamente dar adeus às chances de reação no Morumbi.

CIRO CAMPOS, Agência Estado

19 de julho de 2012 | 21h02

"Eu fui infantil na jogada, coloquei a mão na bola. Aconteceu, mas agora é levantar a cabeça. Logo depois do jogo eu pedi desculpas para os meus companheiros, pois sei que prejudiquei o time", disse Rodrigo. A expulsão veio justamente em uma oportunidade que o jogador recebeu de ser titular e atuar na posição de origem e não como lateral-direito.

Após a partida o técnico Ney Franco afirmou que o cartão vermelho veio pela inexperiência do jogador. "Espero que ele possa aprender com o erro", afirmou o treinador. "Sei o que eu fiz foi errado, tenho consciência disso", admitiu o volante.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCRodrigo Caio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.