Rodrigo Caio, Diego Souza e Alex Sandro chegam e deixam seleção quase completa

Apenas Ederson não se juntou ao grupo, por estar acompanhando o nascimento da filha

Estadão Conteúdo

06 de junho de 2017 | 12h46

A seleção brasileira está quase completa para os amistosos contra Argentina e Austrália, em Melbourne. Na noite desta terça-feira (no horário local), o zagueiro Rodrigo Caio, o meia-atacante Diego Souza e o lateral-esquerdo Alex Sandro se apresentaram ao técnico Tite.

Com isso, o treinador conta na Austrália com 22 dos 23 jogadores convocados para os amistosos. O único ainda ausente é o goleiro Ederson, que foi liberado pela comissão técnica para se apresentar apenas na quinta-feira por causa do nascimento de sua filha. E nesta quarta-feira, a equipe vai treinar praticamente completa.

Rodrigo Caio e Diego Souza fizeram uma desgastante viagem, do Brasil até a Austrália, enquanto Alex Sandro se apresentou após defender a Juventus na decisão da Liga dos Campeões da Europa, vencida pelo Real Madrid por 4 a 1, no último sábado, em Cardiff.

"Foi uma viagem cansativa, mas tudo vale a pena para vestir novamente a camisa da seleção. Espero aproveitar bem essa chance", afirmou Rodrigo Caio, uma das novidades da convocação de Tite, em entrevista à CBF TV.

O Brasil vai encarar a Argentina às 7h05 (horário de Brasília) desta sexta-feira em Melbourne, na estreia do técnico Jorge Sampaoli à frente da seleção rival. Depois, na próxima terça-feira, o desafio será diante da Austrália.

Tite quer aproveitar esses amistosos para promover testes visando a continuidade das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, mas principalmente para o próprio Mundial, pois o Brasil já assegurou classificação à competição na Rússia.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolRodrigo CaioDiego SouzaCBFTite

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.