Alexandre Vidal/Flamengo
Alexandre Vidal/Flamengo

Rodrigo Caio e Gabigol sofrem lesão na coxa e preocupam técnico do Flamengo

Zagueiro e atacante se machucam durante empate por 1 a 1 com o Botafogo, domingo, são dúvidas para as próximas partidas

Redação, Estadão Conteúdo

24 de agosto de 2020 | 16h44

Domènec Torrent pode ter problemas para escalar o Flamengo na partida contra o Santos, domingo, na Vila Belmiro, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Nesta segunda-feira, o time comunicou que o zagueiro Rodrigo Caio e o atacante Gabigol sofreram lesões durante o empate por 1 a 1 com o Botafogo, no domingo, e podem não atuar.

A lesão de ambos foi detectada em exames realizados nesta segunda. Rodrigo Caio precisou ser substituído durante o clássico, ao 18 minutos do segundo tempo, para a entrada de Thuler. Sua contusão é no músculo adutor da coxa esquerda. Requer tempo para se recuperar. Os médicos do Fla não deram previsão de tratamento. Ambos já estão em cuidados especiais.

Gabriel permaneceu em campo até o fim do jogo, tendo convertido o pênalti que garantiu a igualdade no lance final do duelo no Maracanã. Mas tem lesão no retomo femoral da coxa direita, como explicou os especialistas da clube. "Os atletas Rodrigo Caio e Gabriel Barbosa realizaram exames nesta segunda-feira, dia 24. Rodrigo Caio teve lesão constatada no adutor da coxa esquerda; Gabriel Barbosa, no reto femoral da coxa direita", informou o clube em publicação no perfil no Twitter.

O Flamengo não detalhou a gravidade das lesões, mas os dois jogadores se tornam dúvida para o compromisso de domingo. Ao menos, o time carioca não terá partida no meio de semana, o que dá um tempo extra de recuperação para os dois, além de permitir a Domènec a realização de mais treinos, algo raro desde a sua chegada.

Com um início irregular, o Flamengo faz campanha ruim, com cinco pontos em cinco jogos, ocupando o 13º lugar no Brasileirão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.