Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Alexandre Vidal/Flamengo
Alexandre Vidal/Flamengo

Rodrigo Caio pede para o Flamengo não ficar pensando no São Paulo

'Temos dois jogos a menos e precisamos pensar no Bahia', afirma o zagueiro

Redação, Estadão Conteúdo

18 de dezembro de 2020 | 20h44

O Flamengo é o grande rival do São Paulo na briga pelo título do Brasileirão no momento, afinal, os times são os únicos que dependem apenas das próprias forças. Mesmo com essa disputa, o zagueiro Rodrigo Caio pede para que o time pare de ficar pensando no oponente. O defensor teme que a equipe perca foco nos jogos, a começar pelo duelo do próximo domingo com o Bahia.

"Temos dois jogos a menos e precisamos pensar no Bahia. Quando a gente joga em um nível alto, ficamos mais próximos da vitória. Mas não podemos pensar no São Paulo e sim, no Bahia", observou o zagueiro, ciente que essa obsessão pela caça ao time paulista possa desviar a atenção.

O defensor foi formado no clube do Morumbi e defendeu o clube ao lado e sob o comando do agora técnico Rogério Ceni. E revelou uma profecia feita com o treinador flamenguista.

"Disse lá atrás quando ele (Ceni) foi meu treinador: afirmei que trabalharíamos juntos novamente e seríamos campeões. Sempre respeitei muito. Fico feliz em ver que ele está ainda mais competente e maduro", enfatizou.

"Vencemos tudo pelo conjunto. Em 2020, perdemos muito desse conjunto e isso dificultou. As equipes estudaram muito mais o nosso time. Quando você tem um time compacto, fica mais fácil para os defensores. A gente vê evolução com o Rogério para ser semelhante a 2019", seguiu.

Recuperado da covid-19, Rodrigo Caio garante que hoje está "110%". Mas não esconde ainda sentir efeitos do vírus. "Foi bem difícil. Tive poucos sintomas, mas ainda sinto falta de paladar e olfato. Foi um momento muito delicado porque perdemos muitos jogadores."

Depois de superar os desfalques, agora o Flamengo tem diversas opções de escalação. E Rogério Ceni vai, pelo segundo jogo, formar a defesa com Rodrigo Caio e o jovem Natan. O novo parceiro é elogiado pelo ex-São Paulo.

"Natan é uma grata surpresa. Ele vem mostrando qualidade, mas é momento de calma. Ele ouve muito e pergunta bastante. Jogamos em uma zona de muito risco", disse. "Temos que tomar decisões que fazem toda diferença no jogo. E ele irá nos ajudar bastante."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.