Alexandre Vidal/Flamengo
Alexandre Vidal/Flamengo

Rodrigo Caio vê o Flamengo em construção e faz elogios à torcida

'Como a gente sempre fala, a Nação inflama dentro de campo, ajuda muito', afirma o zagueiro

Redação, Estadão Conteúdo

31 de janeiro de 2019 | 17h04

O Flamengo já disputou seis partidas em 2019 - duas pela Florida Cup, nos Estados Unidos, e quatro pelo Campeonato Carioca - e em todas o técnico Abel Braga teve que escalar o time com uma formação diferente por conta do pouco tempo de pré-temporada, já que a volta das férias aconteceu no último dia 3. O zagueiro Rodrigo Caio, um dos reforços contratados, vê o time em construção para um ano com muitas competições.

"A gente está em construção. Chegaram muitos jogadores. O ataque principalmente mudou bastante, é natural, tem período de entrosamento, de adaptação. Isso é muito visível. Acredito que crescimento vai acontecer durante os jogos. Temos grandes zagueiros. Rhodolfo é nível de seleção, o Léo (Duarte) é um grande garoto, vai crescer cada vez mais e eu cheguei para ajudá-los", disse nesta quinta-feira o ex-defensor do São Paulo, em entrevista coletiva no CT do Ninho do Urubu, na zona oeste do Rio de Janeiro.

Com mais jogos pela frente, o zagueiro prevê uma evolução do sistema defensivo do Flamengo. "Foi uma evolução nossa desde os treinamentos. A gente falando um com o outro, se orientando bastante. Bola parada é muito questão de atenção. Você conversando com companheiros acaba evitando muitas bolas que adversário possa ganhar. Espero que no decorrer dos jogos possa evitar os gols. Mas não pode ficar se martirizando com isso, o mais importante é vencer os jogos", ressaltou.

Na última terça-feira, na vitória por 3 a 1 sobre o Boavista, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, Rodrigo Caio marcou o seu primeiro gol pelo novo time e sonha com mais. "Muito feliz com gol, a vitória. O time conseguiu fazer um bom jogo. Importante fazer o primeiro gol, vinha batendo na trave. Em alguns momentos passava próximo, goleiro pegava. Espero que seja o primeiro de muitos com a camisa do Flamengo", afirmou.

O zagueiro fez questão de elogiar a torcida do Flamengo. "Não é algo que a gente está acostumado a ver no Brasil. Só tem que parabenizar a nossa torcida. Como a gente sempre fala, a Nação inflama dentro de campo, ajuda muito. Eu tive uma baita surpresa na estreia, mais de 40 mil gritando e apoiando do começo ao fim em uma estreia de campeonato, o que não é comum no Brasil. Mostra que estão do nosso lado, espero dentro de campo dar respaldo para eles. Consiga vencer e dar alegrias para eles, como estão nos proporcionando", completou.

Já garantido nas semifinais da Taça Guanabara - o primeiro turno do Campeonato Carioca -, o Flamengo fecha a fase de classificação neste domingo contra a Cabofriense, às 17 horas, no Maracanã.

 

 

Mais conteúdo sobre:
FlamengoRodrigo Caiofutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.