Rodrigo é operado e pode desfalcar o Flamengo por mais tempo

Zagueiro passa por operação para corrigir fratura no braço direito, sofrida na partida contra o Volta Redonda

08 de fevereiro de 2008 | 20h02

A imagem já havia indicado a gravidade do caso, mas a fratura do rádio do braço direito do zagueiro Rodrigo poderá deixá-lo de molho por ainda mais tempo do que se antecipou. O jogador foi submetido a uma cirurgia que durou quatro horas, realizada pelos médicos José Luiz Runco e Marcelo Soares, do Flamengo, além dos cirurgiões Marco Aurélio Souza e Claudio Pena. Foi colocada uma placa de titânio com quatro parafusos para dar sustentação ao osso quebrado e o departamento médico rubro-negro não estabeleceu prazo para seu retorno. Trata-se da segunda cirurgia séria por que passa Rodrigo em seis meses. Em agosto, o defensor, que defendia o Dinamo de Kiev, foi operado no joelho. "É uma pena. O Rodrigo chegou fora de forma e estava se recuperando", lamentou o técnico Joel Santana. "Ele tem técnica e velocidade".Com o prazo para a inscrição dos jogadores na Libertadores se extinguindo na segunda-feira, é provável que Rodrigo não esteja na lista dos 25 nomeados para a primeira fase.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.