Juan Mabromata/AFP
Juan Mabromata/AFP

Rodrigo Mora, do River Plate, se aposenta aos 31 anos por dores

Jogador uruguaio desiste do futebol por causa de uma lesão no quadril

Redação, Estadão Conteúdo

07 de janeiro de 2019 | 18h54

Rodrigo Mora, atacante do River Plate, anunciou sua aposentadoria do futebol devido às dores constantes causadas por uma lesão no quadril. O uruguaio de 31 anos informou a sua decisão provocada pelo problema físico que o levou a passar por cirurgia em 2017 e que o forçou a passar por um processo de recuperação difícil, até voltar aos gramados no início de 2018.

"Vivo um dos dias mais tristes da minha vida. O sofrimento e a dor são constantes e eu não posso mais. Eu desisti do que tinha e hoje tenho que enfrentar a realidade. Eu não posso mais jogar futebol", disse Mora em uma declaração divulgada pelas redes sociais e que geraram apoio imediato do clube e de seus companheiros de equipe campeã da última edição da Copa Libertadores.

Mora anunciou sua decisão pouco depois de saber que não iria viajar para a pré-temporada do River Plate no Uruguai devido ao reaparecimento das dores no quadril. "Ele veio do Uruguai em 2012 e, por gols, sacrifício, compromisso e títulos, entrou no coração de todos os torcedores do River. Obrigado por tudo e até sempre!", disse o River Plate em sua conta no Twitter. "Obrigado a você por me ensinar a lutar contra tudo, você é um grande e a vida vai te dar uma revanche. Abraço, grande amigo", afirmou o atacante Pity Martínez.

Depois de chegar ao River em 2012, Mora esteve emprestado para a Universidad de Chile no primeiro semestre de 2014. Ele marcou 41 gols no clube argentino e conquistou nove títulos, incluindo duas Copa Libertadores.

Depois de ser operado em junho de 2017, devido a uma necrose asséptica no cabeça do fêmur, o atacante fez seu retorno ao futebol em 28 de janeiro de 2018, em um jogo com o Huracán pelo Campeonato Argentino.

Depois de alguns meses de bom desempenho, Mora não conseguiu se livrar do dores que o afligiam. Devido ao seu problema físico, o ex-jogador do Peñarol não disputou as duas finais contra o Boca Juniors pela última Copa Libertadores e não fez parte do elenco no Mundial de Clubes.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
River PlateRodrigo Morafutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.