Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

Rodrigo Santana esboça Atlético-MG com 3 zagueiros para enfrentar o Palmeiras

Técnico colocará em campo uma escalação mais cautelosa para partida fora de casa, no Allianz Parque

Redação, Estadão Conteúdo

04 de outubro de 2019 | 20h24

Em um momento complicado na temporada, o Atlético-MG terá uma escalação mais cautelosa contra o Palmeiras, no duelo deste domingo, às 16 horas, no Allianz Parque, válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O técnico Rodrigo Santana afirmou que fará uma alteração tática e esboçou a equipe com três zagueiros. O objetivo é tentar não levar gols do time alviverde, vice-líder na tabela e que tem o segundo melhor ataque entre as 20 equipes.

"No próximo jogo, vamos fazer alteração na parte tática, não dá para jogar de igual para igual com o Palmeiras lá (em São Paulo)", avaliou o treinador em entrevista coletiva nesta sexta-feira o treinador, que está muito pressionado no cargo. A escalação cautelosa também se explica pela fase ruim do Atlético-MG, que perdeu sete dos últimos oito jogos na competição nacional.

Ainda não é certo quais serão os três zagueiros escalados na partida, pois Réver tem um incômodo na panturrilha esquerda que o impediu de atuar no último jogo contra o Vasco - derrota por 2 a 1, na última quarta-feira, no Independência.

"O Réver ainda sente um pouco de dor, hoje (sexta) vamos procurar recuperar pra ver se a gente consegue trazer a campo amanhã (sábado, no último treinamento antes da partida)", comentou Santana. Se a ausência do capitão da equipe for confirmada, Leonardo Silva jogará e formará o trio defensivo com Iago Maidana e Igor Rabello.

Rabello é o recordista do elenco em jogos na atual temporada, com 50 partidas. O defensor, que chegou neste ano após se destacar pelo Botafogo, busca seu primeiro gol com a camisa do Atlético-MG.

"Eu sou um cara que me cobro muito, nunca acho que está muito bom. Todo jogo eu paro, analiso, vejo o que eu posso melhorar. A única coisa que ainda "me pega" é que ainda não fiz um gol pelo Atlético, é uma coisa que eu me cobro bastante. Estou buscando esse gol pelo Atlético e também, a cada dia, melhorar mais ainda", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.