Rodrigo Souto chora em despedida do São Paulo

Volante ainda tinha seis meses de contrato, mas decidiu aceitar proposta do japonês Jubilo Iwata

AE, Agência Estado

26 de julho de 2011 | 15h13

SÃO PAULO - Com as malas prontas para jogar no futebol japonês, o volante Rodrigo Souto não conteve as lágrimas nesta terça-feira, no CT da Barra Funda, em sua despedida do São Paulo. Emocionado, o jogador conversou com os companheiros de time e com o auxiliar-técnico Milton Cruz.

Souto ainda tinha seis meses de contrato com o São Paulo, mas decidiu aceitar uma proposta do futebol japonês. Ele defenderá o Jubilo Iwata a partir deste segundo semestre. Por conta da proposta, aceita na sexta-feira, o volante ficou de fora da maior parte dos treinos da semana passada.

Souto chegou ao São Paulo em 2010, em uma troca com o Santos, que ficou com o também volante Arouca. Desde então, ele disputou 73 partidas e marcou três gols pelo São Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCRodrigo Souto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.