Rodrigo Souto deve ser negociado pelo Santos

Spartak e Lokomotiv, ambos de Moscou, são os clubes interessados a pagar R$ 15,3 milhões pelo atleta

Sanches Filho, Especial para O Estado de S. Paulo

06 de março de 2008 | 18h39

Rodrigo Souto, o último dos titulares do meio-de-campo de Vanderlei Luxemburgo, está quase fora do Santos. Seu destino deve ser a Rússia, negociado por 6 milhões de euros (aproximadamente R$ 15,3 milhões) com o Spartak ou Lokomotiv, ambos de Moscou.Veja também: Leão participa do programa Raio-X da TV Estadão; assista Lateral-esquerdo Kléber volta a treinar com o SantosA transação só não foi concluída nesta quinta-feira porque os russos exigem que o jogador se apresente agora, enquanto o Santos quer liberá-lo somente após a participação do time na Copa Libertadores da América. A janela russa para contratações internacionais fecha no próximo dia 15. Do meio-de-campo bicampeão paulista no ano passado, o primeiro a sair foi Zé Roberto, que retornou ao Bayern de Munique (Alemanha). Em seguida, Cleber Santana se transferiu para o Atlético de Madri e, após o fim da temporada, Pedrinho e Petkovic deixaram o clube. Logo depois da chegada de Leão, o chileno Maldonado foi para o Fenerbahçe, da Turquia."Existe a possibilidade de Rodrigo Souto ir para a Rússia, apenas não vou falar de valores e nem confirmar o nome do clube. O acerto deve ser amanhã", disse, por telefone, na tarde desta quinta-feira, o procurador do volante santista, Anselmo Paiva. O diretor de futebol do Santos, Luiz Antonio Ruas Capella, confirmou as negociações e a oferta de 6 milhões de euros (aproximadamente R$ 16,2 milhões), mas também afirmou que não está autorizado a falar o nome do clube.A notícia de que Rodrigo Souto está quase fora da Vila Belmiro pegou Leão de surpresa, após o treino da manhã desta quinta. O treinador perguntou aos jornalistas quem havia dado a informação e ao saber que havia sido o diretor Capella, apenas comentou. "Mais uma vez a imprensa soube antes." Rodrigo Souto treinou normalmente e durante o resto do dia não atendeu as chamadas em seu celular.Contratado por empréstimo pelo Santos no início da temporada passada, Rodrigo Souto foi uma das revelações do Campeonato Brasileiro de 2007. Apesar de ter um contrato de gaveta de três anos com o Santos, só não assinou com o Corinthians porque o Palmeiras entrou no circuito. Com as especulações envolvendo Souto e sua ausência nos primeiros dias da pré-temporada, o presidente santista, Marcelo Teixeira, percebeu que estava perdendo o jogador. E agiu rápido, comprando os direitos federativos do volante por US$ 2 milhões à vista e lhe dando um contrato até 31 de dezembro de 2010, com salário mensal de R$ 120 mil. Foi estipulado uma multa de US$ 20 milhões (cerca de R$ 34 milhões) para clubes do exterior. Apenas para constar. FABÃO A maior expectativa de Leão é em relação à estréia de Fabão, que tanto poderá ser no domingo, diante do Noroeste, como frente ao Mirassol, na quinta-feira da próxima semana. O zagueiro está recuperado da cirurgia no tornozelo esquerdo e participou dos coletivos da semana passada e da segunda-feira, quando foi vetado pelo próprio treinador porque evitou entrar em divididas. O técnico quer Fabão em plena forma quando começar o mata-mata da Libertadores.ESTÍMULO O Santos faz duas promoções para aumentar o público nos jogos da Vila Belmiro. No domingo, torcedora não paga ingresso, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, que será comemorado nesta sexta-feira. E homem, com camisa oficial do clube, paga 50% do valor do ingresso.JANCARLOSO gerente de futebol do Santos, Ilton José da Costa, esteve no Rio de Janeiro, quarta-feira, para se reunir com o procurador de Jancarlos. Consta que não fez proposta pelo lateral-direito que conseguiu a liberação do Atlético-PR e que apenas quis saber qual foi a proposta do Corinthians pelo jogador.A proposta do Santos para Alemão renovar contrato é de R$ 10 mil por mês. O jogador acha pouco e diz que outros clubes lhe oferecem mais. "O Santos não está me valorizando", queixa-se.

Tudo o que sabemos sobre:
Rodrigo SoutoSantos FC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.