Rodrigo Souto não vai mais para o Lokomotiv Moscou

Russos desistem de contratar jogador e Santos deixa de embolsar aproximadamente R$ 15,5 milhões

Sanches Filho, O Estado de S. Paulo

12 de março de 2008 | 22h05

Rodrigo Souto não vai mais para Lokomotiv, de Moscou. O Santos foi pego de surpresa no meio da noite desta quarta-feira com a informação dada pelo procurador do jogador, Anselmo Paiva, de que os russos desistiram da negociação, que renderia seis milhões de euros, aproximadamente R$ 15,5 milhões, ao clube da Vila Belmiro. Veja também: Santos tenta manter vivo o sonho de classificação Uma importante fonte santista, que pediu para não ser identificada, confirmou que o clube russo desistiu de cumprir o pré-contrato. O Santos e o representante de Rodrigo Souto já contrataram o advogado Marcos Motta, especialista em direito esportivo internacional, para exigir, através de Fifa, indenização por perda e danos. O presidente santista, Marcelo Teixeira, viajava da Suíça para o Brasil na noite desta quarta e só deve tomar conhecimento do fato nesta quinta. O motivo alegado pelos dirigentes russos teria sido que o prazo de inscrição de jogadores para o Campeonato Nacional foi encerrado nesta quarta, o volante santista só viajaria à noite para Moscou e que já contrataram outro jogador para a posição. Depois de rescindir o contrato de locação do apartamento e providenciar passaportes para os familiares, Rodrigo Souto se preparava para viajar nesta quarta, quando o Lokomotiv comunicou que havia desistido da contratação. É provável que Rodrigo Souto convoque uma coletiva de imprensa nesta quinta para falar sobre o assunto.

Tudo o que sabemos sobre:
Santos FCRodrigo Souto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.