Rodrigo Souto se recupera e reforça o Santos no Paulistão

Em contrapartida, departamento médico do Santos confirma que o lateral Kléber continua de fora da equipe

SANCHES FILHO, O Estado de S. Paulo

21 de janeiro de 2008 | 19h31

Rodrigo Souto está recuperado e vai deixar o Santos mais forte para buscar a primeira vitória de 2008, contra o Juventus, quinta-feira às 19h30, no estádio Bruno José Daniel, em Santo André.  Será um ‘reforço’ importante que Leão vai receber para mudar o perfil do time que não fez gol nos primeiros jogos e é o 17º. colocado do Campeonato Paulista, com apenas um ponto. A notícia ruim que o técnico recebeu dos médicos, nesta segunda-feira, foi que não há previsão para a volta do lateral-esquerdo Kléber, que faz tratamento para se recuperar de estiramento no músculo adutor da coxa direita."A recuperação foi muito boa e agora estou pronto para jogar", disse Rodrigo Souto, que sofreu contratura na panturrilha esquerda no domingo anterior à primeira rodada do campeonato. "O campo estava encharcado e senti a contusão ao chutar a bola. Depois disso, ouvi muita coisa, até que já estava contratado pelo Palmeiras, mas desde o ano passado disse que meu objetivo era continuar no Santos e até tinha um contrato de gaveta. Sobre o meu problema físico, tudo foi muito bem conversado."Souto ainda não sabe se vai entrar no lugar de Marcinho Guerreiro ou de Adriano ou, ainda, se Leão vai optar pela formação com dois zagueiros e três volantes. Porém elogiou as duas primeiras atuações do garoto Adriano nesta temporada. "Ele vem jogando bem e foi o melhor em campo contra o Palmeiras. Todos sabem que se tiver espaço, Valdivia desequilibra qualquer jogo e o "Pagode" - apelido de Adriano - fez a marcação corretamente", disse o volante, cujos direitos federativos foram adquiridos por dois milhões de euros, a serem pagos em três anos, de um grupo de investidores.Agora, Leão não vê a hora de contar também com Kléber para que o artilheiro Kléber Pereira passe a receber a bola com melhor qualidade dentro da área. O lateral sofreu estiramento muscular no primeiro tempo do jogo contra o Juventus e segundo o médico Carlos Braga, houve sangramento no local, o que dificulta a sua recuperação.Leão vai conversar com o técnico do time da Copa São Paulo, Márcio Fernandes, para se informar sobre as principais revelações. O zagueiro Diego Monar, zagueiro, e Tiago Luiz, centroavante, com oito gols em quatro jogos na Copinha, e o meia armador Paulo Henrique são os que têm maiores chances de subir, mas não se sabe quando porque há hipótese de o clube dar férias até 15 de fevereiro para os garotos.

Tudo o que sabemos sobre:
SantosPaulistão A-1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.