Arquivo/AE
Arquivo/AE

Rodrigo Souto treina e pode voltar ao Santos na final

Volante poderá ser a principal novidade na decisão do título do Campeonato Paulista, domingo, no Pacaembu

Sanches Filho, Agencia Estado

28 de abril de 2009 | 15h48

SANTOS - Rodrigo Souto, recuperado do estiramento muscular na coxa esquerda, poderá ser a principal novidade do Santos na decisão do título do Campeonato Paulista, domingo, no Pacaembu. O volante sofreu a lesão no último treino antes do segundo jogo contra o Palmeiras pelas semifinais do Campeonato Paulista.

Veja também:

linkMancini admite erro na preparação do Santos para a final

video TV Estadão: Mancini: 'Em todos os quesitos o Santos foi superior'

forum VOTE - Qual time vai ser o campeão paulista de 2009?

especialSantos x Corinthians, o mais antigo clássico paulista

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

A previsão médica era de que Rodrigo Souto ficasse mais uma semana em tratamento e que voltaria apenas no início do Campeonato Brasileiro. Na segunda-feira, o medico Carlos Braga afirmou que seria impossível o aproveitamento do meio-campista no segundo jogo da decisão paulista. Porém, o próprio Braga autorizou Souto a participar de atividades com bola, nesta terça, alegando que "ele amanheceu bem melhor e pediu para treinar."

Para o técnico Vagner Mancini não poderia começar a preparação do time com uma notícia melhor do que essa. "Souto já tinha pedido para treinar antes, mas preferimos esperar um pouco mais para evitar um possível agravamento da lesão. Agora ele vai subir um degrau por vez para não forçar e vamos ver como sua musculatura vai reagir à exigência. Ele tem chances de jogar no domingo, sim. E se voltar será de grande importância para o time", disse o treinador santista.

No treinamento desta terça, no CT Rei Pelé, Fábio Costa pisou em falso, torceu o tornozelo direito e deu um susto na comissão técnica. Até Mancini, que estava do outro lado do campo, correu para ver o que tinha acontecido com o goleiro. Depois de atendido pelo médico, Fábio Costa disse que o tornozelo estava doendo um pouco, mas pediu para continuar treinando e garantiu que jogará contra o Corinthians, domingo, no Pacaembu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.