Daniel Augusto Jr.|Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr.|Ag. Corinthians

Rodriguinho admite que Corinthians 'não deu liga' na temporada

Meia diz que classificação na Libertadores pode salvar o ano

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

09 de novembro de 2016 | 19h30

Sétimo colocado no Campeonato Brasileiro e sem títulos na temporada, os jogadores do Corinthians esperam, pelo menos, ter um fim de ano digno e conseguir uma vaga para a disputa da Copa Libertadores. Independente da concretização do objetivo, o meia Rodriguinho acredita que o time não deixará uma boa impressão para sua torcida.


"Tivemos um ano todo difícil, até com Tite demos uma oscilada e não encontramos a melhor forma de jogar. Não conseguimos encantar. Estamos trabalhando para as coisas acontecerem, mas como a gente fala, não deu liga. Temos que trabalhar para que essa vaga na Libertadores venha. Não sei de que forma, estamos nos esforçando, mas temos de ter esse objetivo na cabeça", disse o jogador.

Apesar do discurso equilibrado, Rodriguinho pede para a torcida não desistir de apoiar o time na reta final do Brasileiro. "Eu apostaria no Corinthians em qualquer situação, principalmente por estar vestindo essa camisa e pelo potencial que temos aqui."


Embora o Corinthians só volte a campo no dia 16, o técnico Oswaldo de Oliveira comandou nesta quarta-feira um treinamento coletivo, mas com um time que deve ter diversas mudanças para a partida contra o Figueirense.


O time foi: Cássio; Léo Príncipe, Pedro Henrique, Léo Santos e Marciel; Willians, Giovanni Augusto, Camacho, Rildo e Marquinhos Gabriel; Lucca. Dos prováveis titulares, Marlone, Rodriguinho e Guilherme fizeram um trabalho na academia e Uendel e Walter se recuperam de dores musculares.


Desfalques certos são o lateral-direito Fagner e o zagueiro Balbuena, que estão com as seleções brasileira e paraguaia, respectivamente, e o zagueiro Vilson, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.