Florida Cup/Divulgação
Florida Cup/Divulgação

Rodriguinho brinca sobre sufoco contra o PSV: 'Toma essa responsabilidade ai'

Meia acredita que o Corinthians vai evoluir ao longo da temporada e alerta para pressão sobre os mais jovens

O Estado de S.Paulo

12 Janeiro 2018 | 07h00

Autor do único gol de bola rolando do Corinthians na vitória sobre o PSV, o meia Rodriguinho brincou com os atletas mais jovens do clube, pelo fato do time ter sido pressionado diante dos holandeses e ter conquistado a vitória só nos pênaltis, por 5 a 4, após empatar por 1 a 1 no tempo normal. Ele ainda pediu paciência, pois a evolução do time deve ser lenta.

+ Corinthians está próximo de acerto com Matheus Vital, do Vasco

"Temos que ir devagar, não tem jeito. A preparação é curta, temos pouco tempo de trabalho, mas a gente vai evoluindo a cada dia. Esses jogos são importantes para dar ritmo para nós e logo em seguida já tem Paulistão. Precisamos acelerar o processo, mas precisamos ver a condição do nosso corpo para evitar lesão", ponderou.

Sobre o jogo, o meia disse que aproveitou a pressão do PSV para dar um recado aos mais jovens do time. “Corinthians é sempre assim, né, já começou com emoção. Estava brincando com os meninos que chegaram: 'Toma essa responsabilidade aí'. Ano passado o Fellipe Bastos já tinha vivido, dessa vez foi o Júnior Dutra (batendo pênalti). Mas o Corinthians é isso aí, pressão o tempo inteiro, responsabilidade", completou.

Para o confronto com o Rangers, Carille deverá fazer mudanças no time. Ele disse que a ideia seria colocar uma formação reserva e os atletas que não atuaram contra o PSV. A definição da equipe ocorre no treinamento que será realizado nesta sexta-feira, em Orlando, nos Estados Unidos.

 

Mais conteúdo sobre:
Corinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.