Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Rodrygo diz ter sido ameaçado por Kanu, e santistas exaltam superação

Atacante do Santos afirma que zagueiro do Oeste disse a seguinte frase durante o jogo: 'Vou te deixar aleijado'

Redação, Estadão Conteúdo

02 de março de 2019 | 23h14

A vitória do Santos por 3 a 2 sobre o Oeste, com um gol marcado por Victor Ferraz no último lance, classificou o time antecipadamente às quartas de final do Campeonato Paulista, o que levou os jogadores a destacarem o espírito de luta do time na partida deste sábado. Mas a saída do time de campo acabou sendo mesmo marcada por um desabafo de Rodrygo, que afirmou ter sido ameaçado por Kanu.

De acordo com o atacante, ao dar um drible no zagueiro numa jogada que acabou sendo interrompida pela arbitragem por marcação de impedimento, Kanu prometeu machucá-lo. "Aconteceu uma coisa muito feia no jogo. Teve um lance que eu estava impedido, driblei o Kanu e ele me deu uma chegada, mas até aí tudo bem. Lance normal de jogo. Aí, depois, ele chegou para mim e disse: 'Sai de perto de mim, se não vou te deixar aleijado'", afirmou, em entrevista ao SporTV. "Uma coisa é xingar o adversário, outra coisa é falar que vai me deixar aleijado, é fora do normal", acrescentou.

Para além da polêmica envolvendo Rodrygo e Kanu, o Santos celebrou uma vitória garantida mesmo após o time ficar duas vezes em desvantagem. E Victor Ferraz, que fez o gol da vitória aos 50 minutos do segundo tempo, destacou que o time nunca desistiu de conquistar a vitória.

"É minha função dentro de campo fazer com que o time não desista. A torcida já canta que somos o time da virada, e isso foi combustível para tentarmos o jogo inteiro. O Oeste deu muita dificuldade para nós", afirmou o lateral e capitão do time.

Já o meia Jean Mota reconheceu que o Santos teve atuação irregular, especialmente na primeira etapa, em que foi ao intervalo perdendo por 2 a 1. Mas depois cresceu para conseguir a virada. "Como o Sampaoli sempre diz, temos que jogar com alegria. Não começamos bem, mas tivemos garra para buscar a virada", comentou.

Com a vitória, o Santos já está nas quartas de final do Paulistão e continua na liderança do Grupo A e com a melhor campanha entre todos os participantes, com 22 pontos. Novamente no Pacaembu, o Santos voltará a jogar na quinta-feira, quando vai receber o América-RN, pela segunda fase da Copa do Brasil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.