Pierre-Philippe Marcou / AFP
Pierre-Philippe Marcou / AFP

Rodrygo faz 3 em goleada do Real Madrid; PSG avança na Liga dos Campeões

Equipe espanhola goleia Galatasaray por 6 a 0 e fica perto das oitavas no mesmo grupo em que o time francês se classificou

Redação, Estadão Conteúdo

06 de novembro de 2019 | 19h26

Com três gols do brasileiro Rodrygo, o Real Madrid goleou o Galatasaray por 6 a 0, nesta quarta-feira, no estádio Santiago Bernabéu, em duelo da quarta rodada do Grupo A da Liga dos Campeões. No outro jogo da chave, o Paris Saint-Germain não jogou bem no Parque dos Príncipes, mas venceu o Club Brugge por 1 a 0 e está com vaga garantida nas oitavas de final.

O PSG manteve os 100% de aproveitamento na competição, ao somar a quarta vitória consecutiva e chegar aos 12 pontos. O Real tem sete e precisa de mais um nas duas últimas rodadas para avançar. O Brugge soma apenas dois, enquanto o Galatasaray só conseguiu um. A próxima rodada, marcada para o dia 26, tem dois jogos previstos: Galatasaray x Brugge e Real Madrid x Paris Saint-Germain.

No Santiago Bernabéu, o primeiro tempo teve como grande destaque Rodrygo, que, aos 18 anos, se tornou o brasileiro mais jovem a fazer três gols em um jogo da Liga dos Campeões. E os dois primeiros foram marcados em apenas seis minutos, após duas assistências do compatriota Marcelo.

Aos 3, o lateral-esquerdo cruzou, Rodrygo matou no peito, cortou para dentro e bateu rasteiro de pé esquerdo para abrir o placar. Aos seis, Marcelo cruzou de direita e o ex-atacante do Santos desviou de cabeça para fazer 2 a 0.

O Real não diminuiu o ritmo e conseguiu o terceiro gol ainda aos 14 minutos. Após Kroos sofrer pênalti, o zagueiro Sergio Ramos bateu com direito a cavadinha: 3 a 0. Rodrygo voltou a aparecer bem ainda na primeira etapa. O atacante roubou uma bola na saída de bola turca e cruzou rápido para Benzema completar: 4 a 0.

Com a vitória garantida, mas ainda não classificado para a fase de mata-mata, o Real diminuiu o ritmo. Mesmo assim conseguiu criar boas chances. O quinto gol só foi sair aos 36 minutos, mais uma vez com o francês Benzema, oportunista dentro da área. Foi o seu 50º gol pelo time espanhol na competição.

E ainda tempo para mais um gol de Rodrygo. Aos 47, o atacante tabelou com Benzema e tocou na saída do goleiro Muslera: 6 a 0 e hat-trick.

Em Paris, o Paris Saint-Germain não teve um primeiro tempo tranquilo, muito por causa da boa atuação dos nigerianos Okereke e Bonvanture, que, pelo lado direito, infernizaram a zaga liderado por Thiago Silva.

Ainda sem Neymar e com Cavani no banco de reservas, a responsabilidade pela armação das jogadas ficou com Mbappé, mas o astro da seleção francesa estava sem muita inspiração. Com isso, o trabalho ficou com o argentino Di Maria, que por três vezes levou perigo ao gol belga.

O único gol nos primeiros 45 minutos saiu aos 21, com o argentino Icardi, que chegou ao quarto gol na Liga dos campeões, o oitavo na temporada. No segundo tempo, o PSG deixou a iniciativa toda para o time belga e passou a atuar no contra-ataque. Com isso, pouco foi feito, pois o Brugge não teve capacidade para pressionar e o time francês mostrou desinteresse na partida.

Aos 25 minutos, Cavani entrou no lugar de Icardi. Quatro minutos depois, Thiago Silva cometeu pênalti em Mbaye Diagne. O atacante senegalês bateu e o costarriquenho Keylor Navas agarrou.

Daí até o final, o Brugge mereceu mais o empate do que o PSG o segundo gol. Charles Katelaere quase garantiu um pontinho para os belgas nos minutos finais, mas finalização bateu em Thiago Silva.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.