Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Rodrygo treina, mas deve desfalcar o Santos diante do Atlético-MG

Como não foi liberado pela CBF da seleção olímpica, atacante não vai entrar em campo pela Copa do Brasil

Redação, Estadão Conteúdo

04 de junho de 2019 | 19h29

Como o presidente da CBF, Rogério Caboclo, avisou que a entidade não pretende cortar Rodrygo da seleção brasileira olímpica (sub-23) nos próximos dias, mesmo com a decisão de o atacante não se apresentar para a disputa de um torneio que está em andamento na França, a tendência é de que o jogador não atue nesta quinta-feira contra o Atlético-MG, em São Paulo, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Em Minas Gerais, houve empate sem gols.

Com medo do Santos ser punido, a diretoria orientou o técnico argentino Jorge Sampaoli para que não utilize o jogador, que treinou normalmente nesta terça-feira, na partida decisiva, assim como fizera no último domingo diante do Ceará, em Fortaleza, pelo Campeonato Brasileiro.

Rodrygo foi convocado pelo técnico André Jardine, da seleção sub-23, para um torneio na França, mas não se apresentou e decidiu ficar no time até 12 de junho, dia do clássico contra o Corinthians e último jogo antes da parada da Copa América. Em julho, o atacante vai se apresentar ao Real Madrid. Sua última partida com a camisa do Santos foi contra o Internacional, no dia 26 de maio, na Vila Belmiro.

De acordo com o revezamento que Sampaoli faz no gol santista, Everson vai ser o titular contra o Atlético-MG, enquanto que Vanderlei fica no banco de reservas. O jogador demonstrou otimismo na classificação da equipe na Copa do Brasil. "Vai ser um jogo difícil como foi lá no Independência, quando cada time dominou um tempo. Não podemos abdicar do nosso estilo, que faz muita gente de outras equipes assistir aos jogos do Santos. Vamos em busca de uma grande partida e da classificação nos 90 minutos".

Everson aprova o jogo no Pacaembu. "Em 11 jogos disputados este ano lá, somamos oito vitórias, dois empates e apenas uma derrota", disse.

Além de possivelmente não contar com Rodrygo, Sampaoli também não poderá contar com o meia peruano Cueva e o atacante paraguaio Derlis González, que estão com suas respectivas seleções.

Uma possível escalação do Santos para enfrentar o Atlético-MG é: Everson; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Felipe Aguilar, Gustavo Henrique e Jorge; Diego Pituca, Jean Lucas e Carlos Sánchez (Jean Mota); Uribe (Eduardo Sasha) e Soteldo (Marinho).

O elenco santista faz um último treino, antes do jogo contra o Atlético-MG, nesta quarta-feira à tarde. Para ficar com a vaga nas quartas de final, o Santos precisa de uma vitória simples no estádio do Pacaembu. Novo empate, por qualquer placar, leva a decisão para os pênaltis.

Tudo o que sabemos sobre:
Santos Futebol ClubeRodrygofutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.