Roger admite queda de rendimento do Grêmio, mas exalta classificação

Time gaúcho despacha o Criciúma da Copa do Brasil

Estadão Conteúdo

22 de julho de 2015 | 09h41

O técnico Roger Machado admitiu que o Grêmio teve atuação ruim diante do Criciúma, na noite de quarta-feira, no interior de Santa Catarina, mas destacou que o mais importante foi a conquista da classificação às oitavas de final da Copa do Brasil, assegurada com o triunfo nos pênaltis após vitória por 1 a 0 no tempo regulamentar.

"Eu vi nosso time um passo atrás das atuações em que fomos derrotados, mas frisei antes e friso agora: na decisão, quando dá a gente joga. Quando não dá, a gente ganha. Vencemos, o importante foi classificar", afirmou o treinador. O triunfo sobre o Criciúma ajudou o Grêmio a esboçar uma reação na temporada, afinal, o time de duas derrotas, para o próprio time catarinense, no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil, e para o Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro, ambas por 1 a 0.

Reabilitado, o time aguarda a definição do seu adversário nas oitavas de final da Copa do Brasil, que será definido através de sorteio. No Brasileirão, o time volta a jogar no próximo sábado, quando vai receber o Sport, pela 15ª rodada, em confronto direto na luta por uma vaga no G-4.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.