Roger comanda vitória do Fla em Minas

Mais uma vez o lateral-esquerdo Roger foi o talismã do Flamengo. O jogador marcou dois gols na vitória do Rubro-Negro sobe o Tupi-MG, por 3 a 2, no Estádio Municipal, em Juiz de Fora, Minas Gerais, pela Copa do Brasil. Com o resultado, o time carioca não conseguiu eliminar a necessidade do jogo de volta, que será realizado na quinta-feira, dia 1º de abril. O Flamengo iniciou a partida impondo um forte ritmo, sem deixar o Tupi respirar. Logo no primeiro ataque, o meia Ibson obrigou o goleiro Paulo César a realizar boa defesa. A seguir, o zagueiro Henrique quase marca de cabeça. Até que, aos 8 minutos, o lateral-direito Rafael recebeu passe do meia Felipe, entrou na área e tocou na saída do goleiro. A bola desviou no zagueiro Felipe e entrou. Com o gol marcado, a pressão continuou. O Flamengo começou a desperdiçar boas oportunidades para ampliar. E, como diz o ditado, "quem não faz, leva". Aos 19, o lateral-esquerdo Roger falhou na marcação e cometeu pênalti. O atacante Denílson cobrou, empatando o jogo. A partir daí, o Tupi equilibrou a partida e chegou a ter chances para virar. Mas, aos 42, Diogo cruzou para Roger, de cabeça, deixar o Rubro-Negro novamente na frente. No segundo tempo, a partida começou mais disputada. O Flamengo tinha mais posse de bola, mas não conseguia transformar este aparente domínio em chances de gol. E o Tupi encontrava dificuldades em assustar o goleiro Júlio César. Até a zaga do Rubro-Negro resolver ajudar o adversário. Os zagueiros Henrique e Fabiano Eller se atrapalharam na saída de bola e Denílson aproveitou. Com o empate, a equipe mineira melhorou e passou a dominar as ações. E quase ampliou após contra-ataque. Marinho finalizou na trave. O mesmo Marinho, livre dentro da área, chutou por cima do gol. Aos 33, o ímpeto do Tupi diminuiu com a expulsão do meia Jairo, que puxou a camisa de Bruno. Com um jogador a mais em campo, o Flamengo foi em busca da vitória. E conseguiu aos 41. Rafael Gaúcho cobrou escanteio, Fabiano Eller cabeceou e o goleiro Paulo César espalmou. No rebote, Roger tocou para o gol.

Agencia Estado,

24 de março de 2004 | 23h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.