Roger comemora reencontro com Parreira na quarta-feira

O amistoso entre Cruzeiro e África do Sul, quarta-feira, no Mineirão será especial para Roger. O meia do time mineiro vai reencontrar o técnico Carlos Alberto Parreira, com quem trabalhou em 1999, na conquista do título da Série C do Campeonato Brasileiro pelo Fluminense.

AE, Agencia Estado

16 de março de 2010 | 15h37

"Eu era jovem e quando surgiu o nome do Parreira para assumir o Fluminense naquelas condições todo mundo achava que era impossível. E ele, com todo carinho, simplicidade e humildade aceitou o desafio e ensinou bastante. Eu tenho como base aquele relacionamento, aquele profissionalismo dele, que trago para a carreira toda", afirmou.

Roger admitiu que o Cruzeiro está mais concentrado nos próximos jogos pela Libertadores do que no amistoso com a África do Sul. "Nossa cabeça está mais voltada para a Libertadores. A gente vem de um resultado que não esperávamos. Isso nos coloca uma obrigação de vencer esses dois jogos em casa. O foco maior é essa competição. Em relação ao amistoso, é um jogo internacional, que expõe o Cruzeiro para um outro tipo de pessoa, vai para o mundo inteiro", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroRogerParreira

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.