Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

Roger confirma Yago e enaltece liderança de Leonardo Silva no Atlético-MG

Para técnico da equipe mineira, time ganha em experiência e tranquilidade com a presença do seu capitão

Estadao Conteudo

03 de março de 2017 | 21h10

O técnico Roger Machado comandou um trabalho tático nesta sexta-feira, na Cidade do Galo, no último treino antes do jogo contra o Villa Nova, no Independência, pelo Campeonato Mineiro, e praticamente definiu o time titular do Atlético-MG para o duelo deste sábado, às 16h30.

Como confirmou o treinador na entrevista coletiva, o volante Yago jogará no lugar de Rafael Carioca, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. E o zagueiro Leonardo Silva retorna à equipe após ser poupado dos últimos dois duelos.

"O Yago está confirmado. No jogo pela [Primeira] Liga, contra a Chapecoense, ele fez um belo jogo, já posicionado na função na cabeça de área, que o Carioca vem desempenhando bem. Então, é o substituto natural", explicou Roger. "Teria o Ralph também, mas o Yago está um passo à frente na hierarquia das posições dentro do clube. Por isso, ele terá a possibilidade de jogar mais uma vez e nos ajudar nesse jogo complicado", completou.

O técnico comentou ainda sobre o ganho de "liderança" com o retorno de Leonardo Silva. "A liderança do Léo é exercida na plenitude quando ele está em campo. Além do seu jogo, a experiência e a tranquilidade que ele passa para o setor defensivo é algo que a gente repara sempre. Então, naturalmente, ele retorna."

Seu retorno, aliás, ocorre após o time sofrer quatro gols nos dois últimos jogos. Ainda assim, Roger procurou isentar os zagueiros. "Os gols não têm, obrigatoriamente, ligação direta com os defensores, mas sim com o sistema defensivo de um modo geral. Mesmo tendo sofrido gols, se comportaram bem nesses dois últimos jogos. Mas a volta do nosso capitão é sempre saudada com muita satisfação porque a gente sabe como ele pode contribuir", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.