Washington Alves/Vipcomm - 20/02/2010
Washington Alves/Vipcomm - 20/02/2010

Roger desfalcará o Cruzeiro por até quatro semanas

Meia precisa fazer fisioterapia após torcer o tornozelo esquerdo na partida contra o América-TO, no Mineirão

AE, Agencia Estado

22 de março de 2010 | 13h57

O meia Roger, que torceu o tornozelo esquerdo durante o jogo contra o América-TO, no último sábado, no Mineirão, pelo Campeonato Mineiro, irá desfalcar o Cruzeiro por até quatro semanas por causa da contusão. A informação foi confirmada pelo clube na manhã desta segunda-feira, depois de o jogador ser reavaliado pelo departamento médico cruzeirense.

"O Roger teve uma entorse de grau dois e a previsão é que fique de duas a quatro semanas em tratamento. Ele fará fisioterapia em dois períodos e muito provavelmente na semana que vem vamos reavaliá-lo para ver a melhora e, se possível, acrescentaremos alguma atividade física", explicou o médico do Cruzeiro, Octacílio da Matta.

No último sábado, Roger entrou em campo apenas aos 11 minutos do segundo tempo, substituindo Gilberto, quando o seu time perdia por 1 a 0. Na ocasião, ajudou o Cruzeiro a virar o confronto ao marcar o gol de empate. Porém, antes de a sua equipe fazer o segundo gol, o meio-campista se machucou ao dividir uma bola com um defensor do time adversário.

"O Roger estava com o pé preso no gramado e o jogador adversário acertou uma pancada que causou entorse na parte lateral do tornozelo esquerdo", explicou Da Matta.

Com a confirmação feita pelo Cruzeiro, Roger será o segundo desfalque de peso confirmado na equipe que enfrentará o Deportivo Italia na próxima quarta-feira, no Mineirão, em jogo decisivo para o time mineiro pela Copa Libertadores da América.

Além de Roger, o atacante Kléber, expulso no empate por 2 a 2 com o rival venezuelano, fora de casa, no último dia 11, cumprirá suspensão nesta quarta-feira. Thiago Ribeiro, que se recupera de contusão, poderá ser o seu substituto.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroRogerlesão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.