Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Roger destaca a qualidade do elenco do Palmeiras e defende Borja

Técnico vê bom jogo do colombiano, que passou mais uma vez em branco pelo alviverde

Estadão Conteúdo

28 Janeiro 2018 | 20h34

A vitória do Palmeiras sobre o Bragantino por 2 a 0, neste domingo, fora de casa, evidenciou a principal vantagem do time em relação aos seus rivais no Campeonato Paulista: um elenco qualificado, como destacou o técnico Roger Machado.

+ TEMPO REAL - Bragantino 0 x 2 Palmeiras

+ TABELA - Classificação completa do Paulistão

Os investimentos feitos no futebol do clube nos últimos anos deram ao treinador um leque privilegiado de opções. Contra o Bragantino, após um primeiro tempo de muita posse de bola (quase 80%) e poucas chances reais de gol, o treinador sacou Borja e colocou Keno no segundo tempo. Dois minutos em campo bastaram para o atacante abrir o placar.

"Tenho 30 jogadores com qualidade similar. As alterações não foram feitas porque não estávamos produzindo. O Borja não marcou, mas estava bem. Cada jogo pede alguma coisa. As alterações se diferem pela característica do jogo", destacou.

Com quatro vitórias e aproveitamento de 100%, na liderança do Grupo C, Roger tenta tirar dos seus jogadores uma eventual pressão sobre a obrigatoriedade de títulos. "A pressão vai existir sempre. O Palmeiras pelo investimento e expectativa que se gera em torno de começo de ano é sempre uma equipe vai que vai ser vista de maneira diferente", completou o treinador palmeirense.

Mais conteúdo sobre:
Palmeiras Roger Machado Borja futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.