Roger diz que Grêmio poderia ter vencido e admite: 'Esse não é o melhor empate'

O técnico Roger não se mostrou totalmente satisfeito com o fato de o Grêmio não ter sido derrotado pelo Fluminense na noite da última quarta-feira, no Maracanã, onde a equipe empatou por 0 a 0 com o rival carioca no confronto de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Para ele, o seu time desperdiçou uma grande chance de deixar o Rio com uma vitória e consequentemente em situação mais confortável para a partida da próxima quarta, às 22 horas, em Porto Alegre.

Estadão Conteúdo

24 de setembro de 2015 | 10h33

"Poderíamos ter tido um resultado diferente do 0 a 0, esse não é o melhor empate, talvez com gol seria melhor, mas a vantagem de jogar em casa depois de ter feito um grande jogo e empatado fora de casa nos deixa bastante animados", afirmou o treinador, enfatizando que agora será o momento de "priorizar o descanso" antes de a equipe encarar o Avaí, neste sábado, às 21 horas, na Arena Grêmio, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O atacante Luan, por sua vez, saiu de campo sem conseguir repetir o desempenho ofensivo que teve no confronto anterior do Grêmio, disputado no último sábado, no Pacaembu, onde fez dois gols na derrota por 3 a 2 para o Palmeiras, pela 27ª rodada do Brasileirão. O jogador, porém, acredita que o time gremista não pode reclamar do 0 a 0 na partida diante do Fluminense. "O resultado de hoje (quarta) foi bom pra gente, pois não tomamos gol e não perdemos", enfatizou.

Após a igualdade no Maracanã, o Grêmio precisará de uma vitória simples no duelo de volta da Copa do Brasil para avançar às semifinais. Porém, não poderá empatar com gols pelo critério do peso maior que os mesmos têm para quem joga fora de casa.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa do BrasilGrêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.