Roger elogia ano do Grêmio e mira títulos na próxima temporada

O Grêmio deu mais uma prova de sua força no último domingo, ao vencer o Atlético-MG por 2 a 1, em casa, e se manter na briga pelo vice-campeonato brasileiro. O bom desempenho em 2015 tem o dedo do técnico Roger Machado, que impôs seu estilo de trabalho e fez a equipe evoluir após a passagem ruim de Luiz Felipe Scolari pelo comando tricolor.

Estadão Conteúdo

30 Novembro 2015 | 10h33

"Tudo começa por uma boa campanha como essa que fizemos. Os jogos nos dão uma amostragem importante do que a gente precisa agregar para nos tornarmos cada vez mais fortes. Temos um modelo de jogar bem definido", declarou.

Apesar de reconhecer o bom desempenho gremista logo em sua primeira chance como treinador em um clube grande, Roger sabe que em 2016 isto não será o suficiente. Ele avaliou que só conseguirá escrever seu nome na história do clube se conquistar títulos.

"A intenção é que, ao fim desse ano, a gente consiga mapear o que precisamos evoluir para que, ano que vem, a gente consiga brigar por título. Esse ano foi bom para a instituição, nós valorizamos os ativos do clube, principalmente os jogadores mais jovens. Mas nós queremos título. O que marca treinador é ganhar títulos", comentou.

Mais conteúdo sobre:
futebol Grêmio Roger Machado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.