JF Diorio/Estadão
JF Diorio/Estadão

Roger elogia atuação do Palmeiras e indica Moisés titular no domingo

Técnico afirma que vitória na Libertadores é 'combustível' para decisão, quando deve ter o camisa 10 na vaga de Felipe Melo

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

04 de abril de 2018 | 07h00

O técnico Roger Machado, do Palmeiras, estava satisfeito e confiante na entrevista coletiva desta terça-feira, após a vitória do time por 2 a 0 sobre o Alianza Lima, pela Copa Libertadores, na arena. Na opinião dele, o resultado veio por merecimento da equipe pela atuação e dará bastante confiança para a final do Campeonato Paulista, quando, inclusive, a formação titular terá uma mudança.

+ Presidente do Palmeiras confirma treino aberto no sábado

+ Tabela da Copa Libertadores 2018

"A importância do jogo era grande e alta por dois motivos. O primeiro, bem importante, era que a gente só conseguiria confirmar os três pontos ganhos fora de casa na Libertadores se ganhássemos. Sobre domingo, é claro que a vitória boa dá mais confiança. É um combustível", disse o treinador em referência ao clássico de domingo, contra o Corinthians. A equipe joga por um empate para ser campeã.

O treinador garante que o elenco não se sente como favorito para levar o título estadual depois de dez anos, pois tem sido cobrado para não se acomodar. "Peço aos jogadores para evoluir um pouco a cada jogo, independente da competição e do adversário. Se evoluirmos na concentração, jogo coletivo, a medida que os jogos vão acontecendo a gente vai se tornar uma equipe cada vez mais capaz. Vitórias consistentes levam empolgações para outras competições", comentou.

Para a final de domingo, o time terá pela menos uma mudança. Com o volante Felipe Melo suspenso por ter sido expulso no jogo de ida, a vitória por 1 a 0 na Arena Corinthians, será necessário buscar um substituto. Roger indicou que a vaga deve ser de Moisés, que atuou como titular contra o Alianza Lima e teve a atuação elogiada.

"O Moisés correu uma barbaridade em campo, estava em todos os lugares do campo, onipresente. Ele sai na frente para substituir o Felipe, mas tenho outras opções. É o primeiro jogo do ano que ele faz do início ao fim, mas se comportou bem. Dá sustentação defensiva e no ataque", afirmou. Outro possível candidato a substituto é o volante Thiago Santos, que entrou no segundo tempo do jogo em Itaquera.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.