Roger, ex-Corinthians e Fla, consegue nacionalidade polonesa

Com isso, lateral-esquerdo deve ser convocado para disputar a Eurocopa deste ano pela seleção do país

Agência Estado

17 Abril 2008 | 10h17

O lateral-esquerdo Roger Guerreiro, de 25 anos, conseguiu nesta quinta-feira a nacionalidade polonesa, e poderá defender a seleção do país. Desde 2006, o brasileiro - com passagens por São Caetano, Corinthians e Flamengo - atua no Legia Varsóvia."Estou muito feliz, este é um momento muito importante na minha vida", disse o jogador, durante a cerimônia em que recebeu os papéis com a confirmação de sua cidadania polonesa das mãos de Lech Kaczynski, presidente do país, no palácio do governo nacional.Na quarta-feira, o técnico da Polônia, Leo Beenhakker afirmou que colocaria Roger em sua pré-convocação para a Eurocopa, caso o brasileiro conseguisse a nacionalização.O torneio de seleções européias será disputado na Áustria e na Suíça, em junho. A Polônia está no Grupo B da competição, ao lado de Alemanha, Croácia e dos co-anfitriões austríacos. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.