Roger exalta atuação dos reservas em vitória do Atlético-MG

Maicosuel e Rafael Moura foram dois destaques da partida contra o Uberlândia

Estadao Conteudo

13 Fevereiro 2017 | 09h38

Foi a partir da atuação de jogadores que saíram do banco de reservas que o Atlético Mineiro conseguiu arrancar a vitória por 3 a 0 sobre o Uberlândia, no último domingo, no Independência. Após o duelo, válido pela terceira rodada do Campeonato Mineiro, o técnico Roger Machado destacou o desempenho dos suplentes e a mudança no estilo de jogo e na formação tática como fatores determinantes para a construção do triunfo, com os gols sendo marcados após os 30 minutos do segundo tempo.

"A partir das modificações, o entendimento de que, se a gente não estava conseguindo chegar articulando, deveria tentar ganhar na linha, prender os dois zagueiros com dois jogadores mais fortes e ampliar o campo com dois caras de beirada, para que a cobertura ficasse prejudicada. Acho que aí desencaixou o adversário. Na posse de bola, segurar mais o Carioca e ampliar com os laterais, fazendo quase que um 3-5-2 com a posse de bola para ter presença na área. E foi dessa forma que conseguimos furar o bloqueio, já com mais de 70 minutos de jogo", analisou.

Diante do Uberlândia, Maicosuel teve participação direta em dois gols, enquanto Rafael Moura anotou uma vez. Assim, Roger celebrou a importância de o Atlético contar com um elenco forte para superar os momentos de adversidade na temporada.

"Não tanto pelas modificações porque elas poderiam ter acontecido e não alterado a estrutura do adversário, mas porque aqueles que entraram foram muito bem. Salientei aos atletas que é gostoso ver que quando você tem um grupo em que aquele que sai contribuiu da melhor forma que pôde e quem entra está disposto a ajudar da melhor forma que puder. A vitória foi do coletivo e, acima de tudo, daqueles que entraram e fizeram a diferença a nosso favor para que a gente conseguisse esses três pontos importantes", destacou.

Roger também elogiou a atuação do polivalente Danilo, autor do primeiro gol da partida, e o bom desempenho do sistema defensivo do Atlético, que não foi vazado nas três primeiras rodadas do Campeonato Mineiro.

"O adversário valorizou muito a nossa vitória pela forma como se comportou dentro de campo e a gente fica satisfeito e feliz por ter criado alternativas importantes, como o deslocamento do Danilo par dentro, e também pela consistência defensiva", acrescentou Roger.

A vitória de domingo deixou o Atlético na liderança do Mineiro com nove pontos, à frente do Cruzeiro pelos critérios de desempate. O time voltará a jogar no próximo domingo, quando terá pela frente o América, no Mineirão, pela quarta rodada do torneio estadual.

Mais conteúdo sobre:
Atlético-MG futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.