Roger faz as pazes com a Fiel

Por causa de um pênalti perdido diante do Figueirense, pela Copa do Brasil, há três semanas, Roger andava meio em baixa com a torcida. Andava. Não anda mais. Sua excelente atuação neste domingo, na vitória por 2 a 1 sobre o Figueirense, serviu para que ele fizesse as pazes com a Fiel. Roger iniciou a jogada do primeiro gol do Timão, marcado por Tevez, e depois ainda fez o gol da vitória. Foi o maestro da equipe em campo. Com toques de classe, deixou colegas na cara do gol e arrancou aplausos da torcida. Para completar, provocou a expulsão do zagueiro Bebeto, o que facilitou as coisas para o Timão."Não acho que tenha sido minha melhor partida pelo Corinthians. Acho que o time inteiro jogou bem. Fico feliz de poder ter ajudado a equipe a conseguir a vitória", disse Roger, que foi trocado no fim do jogo por Elton e teve o nome gritado pela torcida. "O mais importante é que, com a vitória, a gente deu uma embolada no campeonato. Não podemos deixar os líderes se distanciarem", emendou.Além de Roger, Tevez também foi muito aplaudido pela torcida. O "garoto-enxaqueca" do Parque São Jorge andava deprimido. Pensou até em voltar para o Boca Juniors. Mas a convocação para a Seleção Argentina e, principalmente, a visita da filha recém-nascida Florencia animaram o atacante. Como reflexo da mudança de seu estado de espírito, Tevez presenteou o torcedor com uma bela atuação, como há algum tempo não mostrava. Fez um gol e mostrou raça em campo.Neste domingo, o Timão teve o desfalque inesperado do atacante Gil, que sentiu dores musculares na coxa esquerda na véspera e teve de ser cortado do jogo pelos médicos do clube. Não há previsão de quando estará novamente à disposição. Além de Gil, o zagueiro Sebá e o meia Carlos Alberto não jogaram por estarem lesionados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.