REUTERS/Carla Carniel
REUTERS/Carla Carniel

Róger Guedes dá recado a Vítor Pereira após hat-trick pelo Corinthians: 'Mostrei onde quero jogar'

Atacante reafirma desejo de atuar pelas pontas e brinca sobre levar bola do jogo para casa: 'Hoje durmo com ela e coloco minha esposa no sofá'

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

16 de abril de 2022 | 21h46

Nos dois jogos do Corinthians na Libertadoresderrota para o Always Ready e vitória sobre o Deportivo Cali -, o atacante Róger Guedes começou no banco de reservas. Os preferidos pelo técnico Vítor Pereira foram Willian e Mantuan, que tiveram boas atuações jogando pelas pontas. Na primeira vez em que foi escalado no setor onde prefere atuar, pelos lados, o atacante fez os três gols da vitória do Corinthians sobre o Avaí, neste sábado, pelo Campeonato Brasileiro.

O atacante revelou que pediu ao treinador para ser escalado pelos lados do campo. “Mostrei onde eu quero jogar. É uma conversa sadia que eu tenho com ele. É lógico que eu prefiro jogar aqui, onde eu me sinto mais à vontade, onde eu posso usar minha característica que é dar o facão (entrada pelo meio) toda hora. E o grupo já me conhece bastante nesta posição também”, afirmou após a partida.

O jogador opinou também sobre a escolha entre ele e Willian para ocupar o lado do campo. “Ele (o técnico) vai ter de quebrar a cabeça, mas o grupo é bastante qualificado. Se eu tiver de jogar na esquerda ou na direita, tanto faz. Podemos revezar o lado”, afirmou.

Com o triunfo sobre o Avaí, o Corinthians mantém os 100% de aproveitamento no Campeonato Brasileiro. A próxima partida no torneio será diante do rival Palmeiras. No meio da semana, o time enfrenta a Portuguesa (RJ) pela Copa do Brasil. Guedes afirma que os 3 a 0 foram importantes para a campanha do time e também para sua carreira.

“A vitória é o mais importante. Três vitórias consecutivas que a gente teve. Isso ajuda a melhorar a cada dia mais. Para mim é especial. Foi meu segundo hat-trick na carreira, o primeiro aqui no Brasil. Estou muito feliz de ajudar a equipe do Corinthians com três gols”, disse o jogador, que também brincou sobre levar a bola do jogo para casa: "A gente faz três gols e tem de levar a bola para casa. Hoje durmo com ela (a bola) e coloco minha esposa no sofá."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.